G1 Santos

Grupo faz protesto na Câmara de Mongaguá, SP, contra a suspensão do transporte alternativo

today7 de março de 2023 10

Fundo
share close

A Associação do Transporte Alternativo (ATAM) fez um protesto na Câmara Municipal de Mongaguá, no litoral de São Paulo, nesta segunda-feira (7), após os veículos serem proibidos de circular na cidade. A decisão foi do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e o documento aponta que os atuais trabalhadores do serviço de lotação não possuem legitimidade para prestação do serviço alternativo, uma vez que não participaram do processo de licitação exigido pela lei municipal.

O Tribunal considerou ainda que ficará nulo todos os atos de credenciamento e permissões de circulação no município. O documento informando o encerramento das atividades foi entregue pela prefeitura à Associação do Transporte Alternativo (ATAM) no dia 28 de fevereiro.

Segundo o presidente da ATAM, Marcelo Aguiar, o grupo foi até a Câmara dos Vereadores na tentativa de reverter a decisão. “Está difícil mudar alguma coisa. A Associação fez um abaixo-assinado e entregou para o presidente da Câmara. Alguns vereadores estiveram presentes, mas não tivemos nenhum retorno de imediato sobre o retorno do nosso serviço”, explicou ele.



Transporte alternativo de Mongaguá é obrigado a parar de circular após decisão judicial — Foto: Marcella Pierotti

Ainda de acordo com Aguiar, ficou definido que será realizada uma audiência publica em 60 dias. “O que conseguimos foi uma reunião entre as autoridades municipais, a empresa de ônibus, a Associação e a população, mas somente daqui 60 dias. Até lá, estamos desempregados”.

O g1 entrou em contato com a Prefeitura de Mongaguá e com a Câmara Municipal da cidade, mas até a última atualização dessa reportagem, não obteve retorno.

Na ocasião, o presidente da ATAM, Marcelo Aguiar, disse que o grupo foi comunicado sobre a nova medida e não houve explicação sobre a decisão.

“Atuamos há 24 anos com o transporte alternativo de Mongaguá e sempre trabalhamos dessa forma. Simplesmente a prefeitura mandou a notificação para a gente, porque o Tribunal de Justiça julgou um dispositivo da lei como inconstitucional”, disse ele.

Reunião foi realizada após protesto por causa da suspensão do transporte alternativo em Mongaguá (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

VÍDEO: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

aulao-na-praia-acontece-nesta-quarta-feira-em-homenagem-ao-marco-azul-marinho-e-lilas

Prefeitura de Guarujá

Aulão na praia acontece nesta quarta-feira em homenagem ao Março Azul Marinho e Lilás

Programação especial será realizada na Enseada: haverá defesa pessoal, alongamento, body combat, hidroterapia na água do mar e o tradicional café da manhã Para conscientizar a população sobre o Março Azul Marinho e Lilás, sendo o primeiro de conscientização sobre o câncer colorretal e o segundo de prevenção do câncer de colo do útero, Guarujá terá uma programação especial nesta quarta-feira (8). Às 8h30, haverá um aulão na Praia da […]

today7 de março de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%