Prefeitura de Guarujá

Guarujá monta estudo para melhorar movimentação de cargas rumo ao Porto

today24 de maio de 2022 26

Fundo
share close

Proposta de reformulação viária em Vicente de Carvalho foi enviada à Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), em meio ao processo de desestatização do Porto

Pensando em desafogar o fluxo de caminhões com destino aos terminais da Margem Esquerda do Porto, a Prefeitura de Guarujá encaminhou à Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), em meio ao processo de desestatização do Porto, uma proposta de reformulação viária para facilitar a movimentação de cargas na Cidade. O documento foi enviado em meio à consulta pública sobre o processo de desestatização do complexo portuário.

Como o projeto que ligará Guarujá a Santos inclui um viaduto sobre a Praça 14 Bis, em Vicente de Carvalho, a Administração Municipal passou a estudar soluções para melhorar o tráfego na região, que passará a receber cerca de dois mil caminhões a mais por dia.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Portuário de Guarujá, a proposta prevê a instalação de vias rebaixadas de três a quatro metros diante da altura da rodovia. Elas servirão como extensão do túnel. “Na prática, poderão ser feitos cruzamentos por cima desses locais evitando a criação de viadutos e com um investimento menor do que o de um túnel”, sinaliza.

As novas vias ficarão no terreno que hoje abriga torres de energia elétrica e corta as avenidas Guilherme Backeuser e Santos Dumont, a Praça 14 Bis e as ruas 24 de Agosto e São Paulo. A ideia é de que o caminho alternativo seja uma conexão para caminhões até a Rodovia Cônego Domênico Rangoni, por meio de uma nova estrada, a ser criada próxima ao futuro Aeroporto Civil Metropolitano.



O projeto deverá exigir R$ 450 milhões em investimentos, com ao menos cinco anos para conclusão, calcula o secretário. “Que Guarujá também seja contemplada e ganhe com a desestatização, tendo uma melhora no viário”, finaliza.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Tadeu

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

justica-manda-band-e-record-diminuirem-tempo-de-igrejas-na-programacao

Gospel Prime

Justiça manda Band e Record diminuírem tempo de igrejas na programação

Uma decisão da Justiça Federal quer que Band e Record diminuam o tempo de igrejas na programação das emissoras, em ação movida pelo Ministério Público Federal, de acordo com a Procuradoria da República do Rio de Janeiro. Segundo informações do site Na Telinha, a Band Rio e a Record deverão reduzir o período total comercializado de sua grade para 24% do tempo diário, o que é equivalente a seis horas […]

today24 de maio de 2022 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%