Prefeitura de Guarujá

Guarujá se destaca entre cidades brasileiras no Índice de Recuperação de Resíduos

today12 de março de 2023 9

Fundo
share close

Município atingiu 2,07%, demonstrando tudo que foi realizado para a construção de um sistema inovador e pioneiro no que se refere a políticas públicas na gestão de resíduos, ultrapassando cidades como Curitiba

Desde o ano de 2017 até 2022, o Índice de Recuperação de Resíduos (IRR) em Guarujá atingiu 2,07%. O resultado já ultrapassou municípios como Curitiba, com 2,01%. A capital paranaense é considerada uma das cidades mais preocupadas com a questão ambiental no País. Com isso, atualmente, Guarujá ultrapassa a capital mais ecológica do Brasil no quesito.

O IRR é a porcentagem calculada a partir da massa total coletada do Resíduo Sólido Doméstico (RSD). O resultado obtido pela Prefeitura de Guarujá demonstra tudo que foi realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) para a construção de um sistema efetivo, inovador e pioneiro no que se refere a políticas públicas na gestão de resíduos no Município.

Desde 2014, Guarujá dá os primeiros passos para se destacar entre outras cidades brasileiras em termos de sustentabilidade. Mas, foi a partir de 2017, que o Município começou a investir em ações que têm como foco garantir a excelência no desenvolvimento sustentável, com programas de reciclagem e gestão de resíduos, a partir do novo Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), publicado em dezembro de 2016.

O secretário municipal de Meio de Ambiente relembra que, em 2017, a pauta de resíduos sólidos foi colocada sob os holofotes. Naquele ano, a Cidade já tinha o novo PMGIRS e estava em construção, na Câmara Temática de Meio Ambiente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), o Plano Regional de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Baixada Santista (PRGIRS).



“Logo no início da atual gestão também tínhamos parte dos valores da compensação ambiental aportada no Fundo Municipal de Meio Ambiente para a construção do Centro de Gerenciamento de Resíduos Sólidos”, reitera o titular da Semam.

Com as parcerias do Ministério Público Estadual (MPE) e de centros de pesquisas importantes, como o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o secretário da Semam reitera a pauta de resíduos, que insere Guarujá nos cenários estadual e federal. “É uma enorme satisfação ver o quanto nossa equipe está empenhada em alcançar os objetivos que elevam o nosso IRR, por exemplo. Notoriamente, estamos tendo êxito e já existe um retorno maior de material reciclável à economia circular”, destaca.

O titular complementa que “o Planares (Plano Nacional de Resíduos) aponta que já ultrapassamos cidades como Curitiba, uma das mais ecológicas do País. Literalmente, começamos a passar a cidade de Guarujá a limpo”.

Além de Curitiba, o Município já ultrapassou o IRR de algumas capitais como Brasília (Distrito Federal), com 1,35%; São Paulo (SP), cujo índice é de 0,88%; Belo Horizonte (MG) com 0,55%; Rio de Janeiro (RJ), com 0,35%.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Evelyn

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

furto-de-fiacao-em-unidade-do-bom-prato-em-santos,-sp,-deixa-quase-2-mil-pessoas-sem-comer

G1 Santos

Furto de fiação em unidade do Bom Prato em Santos, SP, deixa quase 2 mil pessoas sem comer

Cozinha da unidade da Zona Noroeste de Santos (SP) ficou impossibilitada de funcionar. Furto de fiação no Bom Prato da Zona Noroeste de Santos (SP) deixa quase 2 mil pessoas sem comer — Foto: Seds/Divulgação e Prefeitura de Santos/Divulgação Um furto de cabos deixou o Bom Prato da Zona Noroeste de Santos, no litoral de São Paulo, sem energia elétrica. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São […]

today12 de março de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%