G1 Mundo

Hans Modrow, o último líder da Alemanha comunista, morre aos 95

today11 de fevereiro de 2023 36

Fundo
share close

O partido de Modrow, o Die Linke (A Esquerda, o partido que sucedeu o Partido Comunista da Alemanha Oriental) emitiu uma nota para anunciar a morte. “O Partido perde uma personalidade importante”, afirma o texto.

Modrow assumiu o governo da Alemanha Oriental quatro dias após a queda do Muro de Berlim, o marco que separou a cidade em duas durante 28 anos.



Há 30 anos Alemanha vivia a queda do muro de Berlim

Há 30 anos Alemanha vivia a queda do muro de Berlim

Quando ele se tornou primeiro-ministro, afirmou que ajudaria a transformar a Alemanha Oriental em uma democracia em um governo de transição liderado pelos comunistas.

O líder que o antecedeu foi forçado a sair quando manifestantes em toda a Alemanha Oriental foram às ruas para pedir democracia e liberdade. No fim dos anos 1980, a Europa Oriental vivia uma onda de manifestações para pedir mudanças nos regimes dominados pelos soviéticos. O líder da União Soviética da época, Mikhail Gorbachev, permitiu as manifestações e não intercedeu.

Modrow anunciou a primeira e única eleição livre na Alemanha Oriental (oficialmente, o nome do pais era República Democrática Alemã) em março de 1990.

Embora ele tenha realizado reformas, ele foi acusado por oponentes de tentar atrasar a mudança política e a reunificação, que ocorreu em outubro de 1990.

Ele também foi criticado por uma tentativa de manter a Stasi, a polícia que vigiava e espionava a população, simplesmente mudando o nome da entidade.

Em 1993, Modrow foi considerado de fraude eleitoral em uma eleição municipal que havia ocorrido em maio de 1989, mas ele não foi preso e disse que as acusações tinham motivação política.

Ele foi deputado no Parlamento alemão de 1990 a 1994, por um partido que era um precursor do Die Linke chamado PDS, e foi membro do Parlamento Europeu de 1999 a 2004.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mortes-causadas-por-terremoto-na-turquia-e-na-siria-ultrapassam-24-mil

G1 Mundo

Mortes causadas por terremoto na Turquia e na Síria ultrapassam 24 mil

O número de mortes provocadas pelo terremoto que atingiu áreas da Turquia e da Síria na última segunda-feira (6) já ultrapassa 24 mil. Os balanços oficiais mais recentes somam mais de 20,6 mil mortes na Turquia e mais de 3,5 mil na Síria. O terremoto de magnitude 7.8, sucedido por mais de cem tremores secundários no sul da Turquia e no noroeste da Síria, já é o sétimo desastre natural […]

today11 de fevereiro de 2023 24

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%