G1 Mundo

Investigadores fazem buscas nos subúrbios de Portland, nos EUA, por porta de Boeing que foi arrancada durante voo

today7 de janeiro de 2024 7

Fundo
share close

O tampão da porta arrancou fuselagem do lado esquerdo de um jato da Alaska Airlines após a decolagem de Portland rumo a Ontário, Califórnia, forçando os pilotos a voltar e pousar com segurança com todos os 171 passageiros e seis tripulantes a bordo. Foram relatados apenas alguns ferimentos leves.

Instalada em alguns aviões no lugar de uma saída de emergência adicional, a porta provavelmente caiu em algum lugar nos subúrbios a oeste de Portland, mas ainda não foi encontrado.

“Imagino que este foi um evento absolutamente aterrorizante. Não falamos com frequência sobre sequelas psicológicas, mas tenho certeza de que isso ocorreu aqui”, disse a presidente do Conselho Nacional de Segurança nos Transportes (NTSB, em inglês), Jennifer Homendy, a jornalistas no sábado, acrescentando que era muito cedo para dizer o que causou o incidente.



Homendy disse que os dois assentos próximos à parte da fuselagem que explodiu estavam desocupados. A agência independente dos EUA abriu uma investigação.

“Tivemos muita, muita sorte de isso não ter levado a algo mais trágico,” disse Homendy. Faltavam partes do assento próximo à fuselagem, incluindo o apoio de cabeça. 

A porta de saída extra normalmente é instalada por companhias aéreas de baixo custo que utilizam mais assentos e exigem rotas de evacuação adicionais. No entanto, essas portas são bloqueadas em jatos com menos assentos. Para os passageiros, a área parece um assento normal na janela.

O acidente colocou a Boeing novamente sob escrutínio enquanto aguarda a certificação de seu MAX 7, menor, assim como do MAX 10, maior, necessário para competir com um modelo Airbus de grande sucesso.

A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA, e inglês) suspendeu voos no sábado com 171 jatos Boeing que tinham o mesmo painel instalado após o pouso de emergência do avião da Alaska Airlines, que estava em serviço há apenas oito semanas. A expectativa é que a medida atrapalhe os horários dos voos de algumas companhias aéreas por alguns dias.

A grande maioria dos aviões desse modelo usada nos Estados Unidos é operada pela United Airlines e Alaska Airlines .A Turkish Airlines, a Copa Airlines do Panamá e a Aeromexico também suspenderam os aviões para inspeção.

Porta falsa que foi ejetada em voo nos EUA — Foto: Reprodução/TV Globo




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policia-israelense-mata-menina-palestina-na-cisjordania-ao-responder-a-ataque,-dizem-servicos-de-emergencia

G1 Mundo

Polícia israelense mata menina palestina na Cisjordânia ao responder a ataque, dizem serviços de emergência

Polícia afirma que reagiu a um ataque e, na troca de fogo, uma menina de 3 ou 4 anos foi atingida. Guerra entre Israel e Hamas completa 3 meses amanhã A polícia de Israel atirou e matou uma criança palestina dentro de carro na Cisjordânia neste domingo (7). Um comunicado da polícia israelense disse que um carro com um homem e uma mulher parou em um cruzamento e atacou a […]

today7 de janeiro de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%