G1 Santos

Justiça determina prisão preventiva de envolvidos em confronto com policiais que teve delegado baleado na cabeça

today16 de agosto de 2023 11

Fundo
share close

A Justiça Federal determinou, nesta quarta-feira (16), a conversão da prisão em flagrante para preventiva de Jefferson dos Santos Pereira e Rafael de Vasconcelos Batista da Silva, suspeitos de atirar contra policiais federais em Guarujá, no litoral de São Paulo. Na ocasião, o delegado Thiago Selling foi baleado na cabeça e precisou ser internado em um hospital.

A decisão foi do juiz federal Mateus Castelo Branco Firmino da Silva, após audiência de custódia de Jefferson dos Santos Pereira. Segundo o documento, obtido pelo g1, Rafael não compareceu ao julgamento pois estava internado no Hospital Santo Amaro, em Guarujá, uma vez que foi atingido por um tiro na perna durante o confronto com os policiais.

De acordo com o magistrado, a decisão pela prisão preventiva foi tomada por haver indícios de que os dois fazem parte de uma organização criminosa, além de outros fatores, como a participação na troca de tiros com os agentes.



“Há o risco de que, caso postos em liberdade, os investigados retornem à organização criminosa para praticar novos delitos, o que caracteriza o risco à ordem pública”, pontuou o juiz na decisão.

Delegado da Polícia Federal Thiago Selling da Cunha, de 40 anos, foi baleado durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em Vicente de Carvalho, Distrito de Guarujá — Foto: Reprodução

Segundo informações obtidas pelo g1, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em Guarujá, houve uma perseguição na comunidade Vila Zilda. Suspeitos seguiram em direção ao bairro da Cachoeira e entraram em uma casa. Eles atiraram contra os policiais federais.

Um dos tiros atingiu a cabeça do delegado. Os demais policiais revidaram a ação dos suspeitos e um deles foi atingido na perna. Com os criminosos foram apreendidas armas e diversas munições.

Em nota, a Polícia Federal de São Paulo confirmou que o delegado foi baleado e dois suspeitos foram presos em poder de uma submetralhadora, uma pistola, dinheiro e drogas.

Os dois foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal, em Santos, onde serão autuados por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Eles foram presos e encaminhados para a Delegacia Sede de Guarujá, onde ficaram à disposição da Justiça.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

curso-gratuito-de-introducao-a-gestao-portuaria-e-oferecido-para-jovens-em-santos,-sp

G1 Santos

Curso gratuito de introdução à gestão portuária é oferecido para jovens em Santos, SP

Para participar é necessário ter entre 18 e 29 anos, residir no município e ter Ensino Médio Completo. O curso será ministrado on-line entre 5 de dezembro e 28 de novembro. Curso aborda diversos aspectos da logística e do ambiente portuário — Foto: Alex Ferraz A Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, divulgou a abertura de inscrições para um curso gratuito de Introdução à Gestão Portuária. As aulas […]

today16 de agosto de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%