G1 Mundo

Lula convida Zelensky para reunião em Nova York; autoridade ucraniana diz que encontro ‘dependerá de agenda’

today18 de setembro de 2023 8

Fundo
share close

Governo brasileiro ofereceu duas datas possíveis para um encontro bilateral entre os presidentes do Brasil e da Ucrânia. Lula chegou aos Estados Unidos no sábado para participar da Assembleia Geral da ONU.


  • O governo brasileiro ofereceu ao presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, duas possibilidades de agenda com o presidente Lula em Nova York.



  • O encontro, que poderá ocorrer entre segunda (18) e terça-feira (19), seria o primeiro presencial entre as autoridades.

  • À TV Globo, uma autoridade ucraniana afirmou que a reunião ainda está sendo avaliada e que tudo ‘dependerá da agenda’ dos líderes.

  • Lula ficará em Nova York até quinta (21). Ele participará de compromissos da Assembleia Geral da ONU e de evento com o presidente americano, Joe Biden.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, postou nas redes sociais uma foto da conversa por vídeo com Lula — Foto: Reprodução

Segundo o senador, o Itamaraty ofereceu a Zelensky duas possibilidades de agenda: segunda (18) ou terça-feira (19). Nas datas, Lula também deverá se reunir com outras lideranças estrangeiras.

O governo ucraniano ainda não confirmou a participação de Volodymyr Zelensky.

À TV Globo, uma autoridade da Ucrânia afirmou que o encontro ainda está sendo avaliado e que “tudo dependerá da agenda dos dois líderes”.

Lula muda o discurso e diz que Justiça decidirá se Putin será preso se vier ao Brasil

Lula muda o discurso e diz que Justiça decidirá se Putin será preso se vier ao Brasil

O convite do governo brasileiro a Zelensky ocorre em um momento de críticas a declarações de Lula sobre a possibilidade de receber o presidente da Rússia, Vladimir Putin, no Brasil, durante a cúpula do G20 no Rio de Janeiro, marcada para novembro de 2024.

O líder russo poderia ser preso em razão de mandados de prisão que foram emitidos contra ele pelo Tribunal Penal Internacional (TPI). O Brasil é signatário do acordo, o que prevê o cumprimento de mandados expedidos pela Corte.

O presidente brasileiro tem defendido que um grupo de países, incluindo o Brasil, lidere uma saída negociada para o fim da guerra. Lula afirma, no entanto, que não planeja visitar a Rússia e a Ucrânia enquanto não houver um cessar-fogo.

Em maio, o assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência, Celso Amorim, foi enviado a Kiev, capital da Ucrânia, para participar de uma reunião com Zelensky.

Na ocasião, ele ainda declarou que esperava receber o presidente Lula na Ucrânia e continuar o diálogo com o governo brasileiro.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

tortura-e-coisa-de-charlataes-e-principiantes,-diz-treinadora-do-fbi-que-analisou-2-mil-horas-de-interrogatorios-policiais

G1 Mundo

Tortura é coisa de charlatães e principiantes, diz treinadora do FBI que analisou 2 mil horas de interrogatórios policiais

Segundo as regras, os quatro detentos deveriam sair do elevador antes dela. Mas quando chegaram ao andar de destino, um dos prisioneiros - um indivíduo corpulento, com mais de 1.80 metro de altura e pesando quase 100 kg - decidiu subverter a ordem. “Primeiro as damas”, disse. “Você sai primeiro, Emily.” Jerome tinha esquizofrenia. Aos 19 anos de idade, tinha sido condenado pelo assassinato de sua vizinha. Achava que ela […]

today18 de setembro de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%