G1 Mundo

Mergulhadores japoneses registram raras imagens de lula gigante nadando no mar; veja VÍDEO

today20 de janeiro de 2023 90

Fundo
share close

Animal de 2,5 metros vive nas proximidades do Japão, mas avistá-lo na água é algo incomum.




Mergulhadores japoneses registram imagens de lula gigante

Mergulhadores japoneses registram imagens de lula gigante

Um casal de mergulhadores captou imagens impressionantes no Japão: o animal de 2,5 metros de comprimento é uma lula gigante (ASSISTA AO VÍDEO ACIMA)

Yosuke Tanaka e a esposa Miki operam uma empresa de mergulho na cidade de Toyooka, na região de Hyogo e foram alertados sobre a lula por um vendedor de equipamentos de pesca que a avistou em uma baía.

Os mergulhadores foram atrás do animal e tiveram a sorte de estar frente a frente com a lula, que se movia lentamente e aparentava estar enfraquecida, com a pele descascando.

As lulas gigantes vivem nas águas ao redor do Japão e, ocasionalmente, chegam à praia, mas vê-las vivas na natureza é um acontecimento bem raro.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

descoberta-arqueologica:-mexico-encontra-artefatos-de-civilizacao-antiga-que-podem-ter-ate-2-mil-anos

G1 Mundo

Descoberta arqueológica: México encontra artefatos de civilização antiga que podem ter até 2 mil anos

A descoberta pode revelar como eram os ritos funerários dos zapotecas, um dos povos que viviam na região sudoeste do México. O mural mais bem-preservado mostra figuras vestidas com roupas sofisticadas e tem um fundo vermelho e amarelo. Esse foi encontrado na cidade de San Pedro Nexicho, no estado de Oaxaca. O local fica a cerca de 48 quilômetros da antiga capital zapoteca, Monte Alban, onde ainda hoje é templos […]

today20 de janeiro de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%