G1 Mundo

Metal retorcido, destroços e barris jogados: imagens revelam interior do navio que bateu em ponte nos EUA; VÍDEO

today29 de março de 2024 7

Fundo
share close

As imagens são de uma inspeção do Conselho Nacional de Segurança dos Transportes dos EUA (NTSB, na sigla em inglês). O órgão enviou inspetores de materiais tóxicos e engenheiros para uma vistoria na embarcação.

É possível ver pedaços retorcidos da ponte que despencou depois da batida do Dali. Há também chapas de metal que se desprenderam, e partes desfiguradas do casco.

Também há barris espalhados pelo convés do Dali. Esse é um dos motivos pelos quais os inspetores entraram na embarcação: há receio de que o conteúdo desses barris, que é tóxico, vaze na água do rio. Em trechos do vídeo do NTSB é possível ver um líquido no convés do cargueiro.



Os inspetores também visitaram a cabine de comando e testaram os painéis das instalações.

Após a ponte colapsar, duas pessoas morreram ao cair no rio Patapsco, e outras quatro estão desaparecidas –e possivelmente mortas, segundo as autoridades. Eles eram operários que trabalhavam na manutenção da ponte.

Jennifer Homendy, a diretora-geral do NTSB, afirmou que o órgão investiga se o uso de combustível impróprio causou de alguma forma uma queda de energia do navio que o tornou incontrolável.

A embarcação, um porta-contêiner com bandeira da Singapura, havia acabado de sair do porto de Baltimore e iria ao Sri Lanka. Minutos antes do choque com a ponte, no entanto, o comandante reportou ter pedido o controle do navio.

Os dados do MarineTraffic, no horário local de Baltimore, apontam que:

  • 1h23 de terça: a embarcação seguia em linha reta, no curso de 140 graus, em direção ao vão central da ponte, a 15,7 km/h
  • 1h25: o navio passa a desviar para a direita, a 141 graus, com velocidade de 16,1 km/h. Imagens mostram que as luzes do navio se apagaram
  • 1h27: acontece o impacto com um dos pilares da ponte, com curso de 152 graus e velocidade de 14 km/h

Veja os detalhes no infográfico abaixo:

Infográfico apresenta detalhadamente como foi o acidente que derrubou uma ponte nos EUA em Baltimore

Navio atinge ponte nos EUA

Foto: Arte g1 (Bárbara Miranda, Gabs, Guilherme Gomes e Wagner Magalhães)

O navio Dali, que carregava diversos contêineres, bateu no pilar da ponte Francis Scott Kay à 1h27, a cerca de 14 km/h, segundo o MarineTraffic.

Veja mais detalhes sobre a ponte e o navio no infográfico abaixo:

Infográfico apresenta mais detalhes sobre a ponte que desmoronou nos EUA em Baltimore e sobre o navio Dali.

Infográfico apresenta como era a ponte e o navio

Foto: Arte g1 (Bárbara Miranda, Gabs, Guilherme Gomes e Wagner Magalhães)

Navio começou a desviar dois minutos antes de impacto

Navio começou a desviar dois minutos antes de impacto

Navio bateu contra ponte em Baltimore, nos EUA, causando o colapso da estrutura — Foto: NTSB via Reuters




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

macron-compartilha-meme-sobre-encontro-com-lula-em-belem:-‘foi-um-casamento’

G1 Mundo

Macron compartilha meme sobre encontro com Lula em Belém: ‘Foi um casamento’

Lula e Macron se encontraram na terça-feira (26) em Belém para discutir questões climáticas e preservação ambiental. A capital paraense será a sede da próxima Conferência do Clima da ONU, a COP 30, em 2025. Nas redes sociais, as fotos do encontro foram comparadas a um casamento, e o líder francês embarcou na brincadeira e falou em um "novo capítulo na relação" entre França e Brasil. "Algumas pessoas compararam as […]

today29 de março de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%