G1 Mundo

México concede asilo à família de Pedro Castillo, ex-presidente deposto do Peru

today20 de dezembro de 2022 17

Fundo
share close

O México concedeu asilo à família do ex-presidente peruano Pedro Castillo nesta terça-feira (20), informou o ministro das Relações Exteriores mexicano, Marcelo Ebrard. Castillo foi deposto após tentativa de golpe de Estado no início deste mês, quando buscou dissolver o Congresso do país.

Um ano e meio após assumir o poder, ele respondia ao seu terceiro processo de impeachment. Horas antes do julgamento, ele declarou estado de emergência e impôs um toque de recolher em todo o território. Mesmo após o anúncio da dissolução do parlamento, os deputados decidiram por sua remoção.

A família de Castillo foi até a embaixada mexicana em Lima, capital do Peru. Ebrard disse que o México estava negociando transporte seguro para o grupo. “Eles receberam asilo porque estão em território mexicano, estão em nossa embaixada.”



“O que está em negociação é a passagem segura deles para que, caso queiram sair do país, possam fazê-lo e vir para o México”, afirmou o ministro mexicano. Ele não informou qualquer data para o traslado do grupo e nem quantos ou quais os membros da família do ex-presidente estavam na embaixada.

Castillo e sua esposa, Lilia Paredes, têm dois filhos. Além disso, o casal cuidou da irmã mais nova de Paredes, Yenifer, de 26 anos, desde a infância. O ex-presidente frequentemente se referiu a Yenifer como “filha”.

Em agosto, Yenifer Paredes foi presa por suposta participação em um esquema de tráfico de influência para concessão de contratos públicos a aliados de Castillo. Ela foi solta em outubro.

Lilia Paredes é investigada por suposto envolvimento em uma rede de lavagem de dinheiro, com a qual seu marido pode ter ligações.

Segundo autoridades peruanas, o próprio Castillo tentou fugir para a embaixada mexicana após ser deposto, mas foi detido. Atualmente, ele cumpre 18 meses de prisão preventiva, enquanto é investigado por rebelião e conspiração.

Na segunda-feira, o presidente mexicano Andrés Manuel López-Obrador disse que seu país está de “portas abertas” para Castillo e sua família. Na terça-feira, um tribunal peruano rejeitou a proibição de que Paredes deixasse o país. No mesmo dia, a parlamentar de oposição Maria del Carmen Alva afirmou que “o México está protegendo os corruptos”.

A presidente peruana, Dina Boluarte, que assumiu o cargo após a queda de Castillo, disse que já estava ciente da concessão de asilo à família do ex-presidente. O governo mexicano não explicou como o ex-presidente poderia ser elegível para receber asilo.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

deputado-filho-de-brasileiros-eleito-nos-eua-mentiu-sobre-curriculo,-diz-jornal

G1 Mundo

Deputado filho de brasileiros eleito nos EUA mentiu sobre currículo, diz jornal

George Santos, que foi eleito neste ano pelo distrito de Long Island, no estado de Nova York, foi eleito dizendo que: O jornal não encontrou evidências reais de nenhuma dessas afirmações. O deputado eleito foi procurado, mas ele não respondeu as perguntas que foram enviadas a ele. De acordo com a apuração do jornal, Santos, que diz ser filho de um mineiro e uma fluminense, não trabalhou em bancos que […]

today20 de dezembro de 2022 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%