G1 Santos

PM que matou empresário após discussão familiar é condenado a 15 anos de prisão no litoral de SP

today1 de março de 2024 3

Fundo
share close

O crime aconteceu em março de 2022. Segundo o boletim de ocorrência, testemunhas informaram que a esposa da vítima tentou separar uma briga envolvendo um casal de familiares do policial militar, o que desencadeou uma discussão entre Jorge e outro homem.

Desta forma, o PM foi em direção ao empresário e efetuou um disparo na região do abdômen, fugindo sem prestar socorro ou acionar a polícia.

Ivan foi condenado a 15 anos, sete meses e 15 dias de prisão por homicídio qualificado durante sessão de júri popular. O julgamento ocorreu do dia 26 ao 28 de fevereiro na Câmara de Peruíbe (local escolhido devido às consequências das fortes chuvas no Fórum).



O juiz que presidiu a sessão Guilherme Pinho Ribeiro enfatizou, em sentença, a reprovação da conduta do réu, principalmente por ser agente de segurança pública, que, segundo a decisão, tem o dever de combater crimes, e não o contrário.

Além disso, o juiz salientou o fato de o homicídio ter sido cometido na presença dos familiares da vítima.

“O disparo da arma de fogo foi perpetrado em local público, com diversas pessoas, gerando perigo comum a sujeitos estranhos ao conflito. Não bastasse, as filhas da vítima presenciaram o homicídio, crianças à época dos fatos, fato este que já justifica a exasperação da pena-base”, disse o juiz.

Na época do crime, o juiz Bruno Nascimento Troccoli também ressaltou, na decisão de prisão preventiva do réu, o fato de Ivan agir contra os deveres de um agente de segurança pública.

“O custodiado é policial militar e possui treinamento e experiência suficiente para atuar em casos como este, de modo que, verificado, ainda em momento inicial, que não agiu adequadamente e que também se negou a realizar o exame do etilômetro e empreendeu fuga (e de forma perigosa) sem prestar socorro”, apontou, na ocasião.

O g1 tentou localizar a defesa de Ivan Luis Santos de Oliveira, mas não recebeu retorno até a publicação desta matéria. A Polícia Militar (PM) também foi acionada e não se manifestou.

O crime aconteceu no dia 5 de março de 2022, dentro de um estacionamento na Avenida Comendador Elvino Malagoli, no bairro Guaraú, em Peruíbe. Na ocasião, a esposa da vítima tentou separar uma briga entre parentes do policial militar, o que causou uma confusão entre Jorge e outro homem.

Desta forma, o policial sacou a arma, atingiu a região do abdômen do Jorge Augusto e fugiu sem prestar socorro.

Ainda conforme o registro policial, no momento em que era prestado socorro à vítima, o carro que a transportava colidiu contra outro veículo, no meio da Serra do Guaraú. Em seguida, Jorge foi encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Peruíbe, mas não resistiu e morreu no local.

Paralelamente, a Polícia Militar foi acionada para acompanhar a Guarda Civil Municipal (GCM), que realizava o atendimento da ocorrência envolvendo disparo de arma de fogo. Assim, a equipe da PM se posicionou próximo ao posto de fiscalização localizado no início da Estraga do Guaraú, para a abordagem do veículo conduzido pelo autor dos disparos.

Durante a abordagem, Ivan imediatamente se identificou como policial militar e declarou que efetuou um disparo de arma de fogo, mas sem dizer contra quem. Ele foi detido e encaminhado à Delegacia Sede de Peruíbe.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-realiza-seminario-‘mulheres sobre-mulheres’-na-quarta-feira

Prefeitura de Guarujá

Guarujá realiza seminário ‘Mulheres sobre Mulheres’ na quarta-feira

O evento acontecerá na Câmara Municipal de Guarujá, às 14 horas A Prefeitura de Guarujá, junto à Comissão da Diversidade Sexual e ao Coletivo de Lésbicas e Bissexuais (Colesbi), promoverá, um seminário com o tema ‘Mulheres sobre Mulheres’. O evento ocorre nesta quarta-feira (6), às 14 horas, A oportunidade abordará os direitos e deveres das mulheres na sociedade. O evento é alusivo ao Dia Internacional das Mulheres, celebrado em 8 […]

today1 de março de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%