G1 Mundo

Por que Biden e Trump, mesmo em lados opostos, querem banir o TikTok nos EUA

today24 de abril de 2024 6

Fundo
share close

A medida tem o apoio de Joe Biden e também do ex-presidente Donald Trump, que tentou em vários momentos tirar o aplicativo do ar.

Segundo os EUA, a principal preocupação gira em torno da alegação de que o TikTok está coletando dados confidenciais de americanos. O governo afirma que esta prática representa um risco à segurança nacional, já que há o temor de que a China possa utilizar as informações de mais de 170 milhões de usuários americanos da plataforma para atividades de espionagem.

Trump e Biden — Foto: MANDEL NGAN/AFP; JIM WATSON/AFP



Em 2021, Biden assinou uma ordem executiva (uma espécie de decreto) que reverteu a decisão de Trump. Mas determinou que o Departamento de Comércio dos EUA investigasse como o app lida com os dados dos usuários.

Entenda a treta e o que está em jogo

Por que os EUA estão pressionando o TikTok? O país diz que a ByteDance representa um risco para a segurança do país porque a China poderia se aproveitar do poder da empresa para espionar e obter dados de milhões de americanos. Os EUA, porém, não detalham quais são os dados sensíveis capturados. Por sua vez, o TikTok negou que compartilha essas informações com o governo chinês.

Quais dados o TikTok coleta dos norte-americanos? Publicamente, nos EUA, a rede social diz coletar informações de uso bem como qualquer conteúdo que a pessoa gere ou carregue na plataforma. Ela também captura a operadora do celular, fuso horário, modelo do telefone, sistema operacional, além de dados sobre os “vídeos, imagens e áudio que fazem parte do seu conteúdo”. Vale lembrar que outras redes sociais, como Facebook e Instagram, da norte-americana Meta, coletam dados semelhantes.

O TikTok repassa essas informações para a China? A ByteDance diz que nunca compartilhou informações dos americanos com o governo chinês. Segundo a empresa, os dados desses usuários ficam armazenados nos EUA. Além disso, a ByteDance está registrada nas Ilhas Cayman, longe de Pequim. Mas uma investigação da revista “Forbes” mostrou que dados dos maiores criadores de conteúdo da rede são guardados na China.

Quem acessa esses dados? O TikTok diz que eles só podem ser acessados por um grupo restrito de funcionários, que ficam sujeitos a controles de segurança quando precisam visualizar essas informações.

A ByteDance conseguirá vender o TikTok nos EUA? Especialistas dizem que essa operação não será fácil e pode elevar os conflitos entre os dois países. “A possível transação envolveria a exportação de algoritmos de recomendação de conteúdo, o que demanda a obtenção de licença e aprovação do governo chinês. Em 2020, a China já havia adicionado a tecnologia do TikTok em uma lista restrita de exportação, dada a ameaça de banimento por Trump”, diz a advogada e especialista em direito digital Patrícia Peck.

E o que acontece se a rede social não for vendida? Agora que Biden sancionou o projeto, caso a empresa não cumpra a decisão americana, as big techs Apple e Google terão que remover o TikTok de suas lojas de aplicativo, App Store e Play Store, respectivamente.

Especialista fala sobre projeto de lei pode banir TikTok nos EUA

Especialista fala sobre projeto de lei que pode banir TikTok nos EUA

Especialista fala sobre projeto de lei que pode banir TikTok nos EUA

TikTok vai sair dos EUA?

TikTok vai sair dos EUA?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

portugal-reconhece-pela-1a-vez-culpa-por-escravidao-e-massacre-no-brasil-e-fala-de-reparacao

G1 Mundo

Portugal reconhece pela 1ª vez culpa por escravidão e massacre no Brasil e fala de reparação

Em conversa na noite de terça-feira (23) com correspondentes estrangeiros, Rebelo de Sousa disse também que sugeriu a seu governo fazer reparações pela escravidão e afirmou que seu país "assume total responsabilidade pelos danos causados", como massacres a indígenas, a escravidão de milhões de africanos e bens saqueados. "Temos que pagar os custos (pela escravidão). Há ações que não foram punidas e os responsáveis não foram presos? Há bens que […]

today24 de abril de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%