G1 Santos

Prisma Sistemas Modulares: a nova geração revoluciona a construção civil

today26 de outubro de 2023

Fundo
share close

Em uma entrevista exclusiva ao portal G1 Santos, Romolo Biancifiori, sócio fundador da organização, compartilhou os princípios que norteiam a empresa e sua visão de futuro para o segmento. “O compromisso da Prisma é oferecer sistemas construtivos industrializados, evoluindo o nosso nicho e proporcionando soluções inteligentes”, explica.

Buscando o posto de referência no mercado das Construtechs, a companhia preza por valores fundamentais, que incluem o foco no cliente, a inovação, a qualidade, o design e a sustentabilidade.

“Fazemos uso de tecnologias avançadas e estabelecemos uma cultura alinhada aos princípios de ESG (sigla em inglês para as práticas ambientais, sociais e de governança dentro de uma organização)”.



Construção ágil, eficiente e com design moderno: um trunfo da Prisma sobre a concorrência — Foto: Divulgação

Os materiais utilizados nos sistemas modulares de construção são provenientes de sistemas fabris, com alto controle de desempenho e tecnologia. “Foram desenvolvidos diversos materiais para cada etapa e cada processo de uma edificação”, diz Romolo. “Desde sub-base para piso e paredes de vedação prontas, até telhados, materiais que dão conforto térmico e acústico”, continua.

Ele conta que players do setor, como Saint Gobain, Isoeste, Gerdau e Arcelor Mittal, são alguns exemplos de empresas já inseridas nesse meio. Isso significa que a Prisma caminha ao lado de quem desenha o futuro da construção civil.

Com sede na cidade de Santos (SP), a companhia atua também em outras regiões do Estado. Em sua curta história, já operacionalizou obras disruptivas e projetos inovadores, como a primeira loja modular móvel para a Petland. O projeto, uma loja itinerante, foi executado em 30 dias. Parte da obra consistia em trocar as instalações de lugar e realocar para outro, na capital paulista – tarefa que foi concluída em 24 horas de trabalho. O modelo instalado pela empresa de Romolo permite que a unidade da franquia seja acomodada em estacionamentos de grandes estabelecimentos, como supermercados e lojas de conveniência.

Outro caso de sucesso é o Projeto Cesari, que desmonta a crença de que construção modular é feita só de contêiner – uma espécie de lenda urbana, pois contêineres são, na verdade, adaptações, enquanto o sistema da Prisma é obra modulada e agrega maior performance. A entrega final do Cesari resultou em um escritório modular de 54 m2 com paredes de isopainéis que foi montado em apenas 60 dias. A obra de três módulos tem pé-direito de 2,50 metros e abriga 14 estações de trabalho, incluindo uma sala de reunião para cinco posições. Uma instalação durável, com conforto térmico e acústico, e com mobilidade total em caso de necessidade de deslocamento.

A empresa santista tem capacidade e tração para atender em todas as regiões do país — Foto: Divulgação

Romolo enfatiza a agilidade proporcionada pelo sistema construtivo da Prisma. “A construção à base de materiais industrializados permite que a edificação seja transportada praticamente pronta, reduzindo o tempo de obra e entrega em até cinco vezes”, esclarece. Ele acrescenta que a empresa santista tem capacidade e tração para atender em todas as regiões do país, contando com uma logística integrada.

A atenção da Prisma ao impacto ambiental também merece ser mencionada: segundo o CEO, “a fase de projeto é crucial para minimizar desperdícios e mitigar riscos. A empresa busca maximizar o aproveitamento total dos materiais empregados na obra, reduzindo até 95% de resíduo e 90% de utilização de água”, orgulha-se. “Nosso propósito é muito mais do que entregar uma obra, é participar de forma efetiva em projetos sustentáveis”, diz.

Diferenciais: atendimento e tecnologia

Entre os maiores diferenciais da empresa, vale destacar a interatividade com o cliente, que pode acompanhar a obra de forma presencial e, em breve, virtual. Na primeira, vai até a fábrica e vê de perto os processos em execução.

A segunda será por meio de um aplicativo próprio de realidade aumentada tornando a Prisma a primeira empresa que oferece o serviço de obra modular com acompanhamento por realidade aumentada no Brasil. O aplicativo deve incluir diversos produtos em seu catálogo e estará disponível ainda em 2023.

A empresa santista tem capacidade e tração para atender em todas as regiões do país — Foto: Divulgação

Romolo conta que a transparência é fundamental para que tudo aconteça dentro das expectativas. Os clientes podem escolher se preferem trazer seus projetos existentes para uma adaptação ou desenvolver do zero, em conjunto com a equipe da Prisma. Os produtos já existentes podem ser personalizados em ate 20%. Romolo Biancifiori, CEO da Prisma

Depois de entregar um projeto de 108 m2 em 30 dias, Romolo tem ambições de expandir para loteamentos condominiais, edifícios de apoio aos terminais logísticos, além de escolas e hospitais. A Prisma Sistemas Modulares parece pronta para fechar um ciclo virtuoso de transformação no setor da construção inteligente.

A passos largos, a companhia mostra que tem robustez para oferecer soluções com base em ESG que agreguem eficiência e alta tecnologia. Busca se consolidar como uma empresa líder na construção modular e tornar-se um espelho para as futuras gerações da construção civil no Brasil.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

tempestade-com-chuva-de-granizo-derruba-arvores-e-destelha-casas-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Tempestade com chuva de granizo derruba árvores e destelha casas no litoral de SP; VÍDEO

Em Santos, moradores do bairro da Vila Progresso registraram chuva de granizo (veja vídeo acima). A Defesa Civil informou que os morros estão em estado de observação. A CET disse que houve ponto de alagamento na Avenida Nossa Senhora de Fátima, em ambos sentidos, com a faixa da esquerda transitável para veículos de pequeno porte. Uma das cidades mais atingidas foi Itanhaém. O morador Milton Pereira da Silva, contou ao […]

today26 de outubro de 2023

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%