Pleno News

Quem tem direito à revisão da vida toda?

today1 de fevereiro de 2023 19

Fundo
share close

Elisângela Coelho
01/02/2023 10h53

Previdência Social Foto: Instituto Nacional do Seguro Social

Será que você tem direito a aumentar o valor do seu benefício pago pelo INSS?

A revisão da vida toda é uma tese que foi julgada recentemente pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em favor dos segurados, vamos explicar melhor a seguir.

Todos os segurados foram beneficiados com o direito à revisão da vida toda de seus benefícios?

Antes de respondermos essa pergunta, precisamos entender melhor o que é de fato a revisão da vida toda.



Do que se trata a revisão da vida toda?


A revisão da vida toda consiste na inclusão de determinados períodos contributivos no cálculo da aposentadoria, a qual era calculada antes da Reforma da Previdência com as 80% maiores contribuições para o INSS a partir de julho de 1994 (no Plano Real).

Após a Reforma, o cálculo passou a considerar a média de todas as contribuições para o INSS também a partir de julho de 1994.

O que é preciso entender é que todas as contribuições antes de 1994 não eram contabilizadas, prejudicando quem ganhava bem, antes de 1994, e passou a ganhar menos ou não contribuir para o INSS depois de 1994.

A revisão da vida toda vem para incluir esses períodos; o que, muitas vezes, pode aumentar o benefício do segurado.

Quem tem direito à revisão da vida toda?


A revisão da vida toda é para os segurados que se aposentaram entre o período de 29/11/1999 e 13/11/2019 e que possuem contribuições para o INSS mais altas antes de 1994.

A revisão da vida toda também é uma vantagem para aqueles que diminuíram ou pararam de contribuir por algum tempo para o INSS depois de 1994.

Quais são os benefícios que poderão ser revistos?


A revisão da vida toda alcança os seguintes benefícios:


– Aposentadoria por Tempo de Contribuição


– Aposentadoria por Idade


– Aposentadoria Especial


– Aposentadoria por Invalidez


– Auxílio-Acidente


– Auxílio-Doença


– Pensão por Morte


– Salário-Maternidade

Atenção! O segurado terá direito a essa revisão, desde que não tenha passado dez anos da data do início do benefício.

A revisão da vida toda é uma vitória para milhares de segurados que tiveram o seu benefício calculado de forma incorreta.

Orientamos que, antes de entrar com a revisão na Justiça federal, busque por uma advogada especialista no direito da previdência para auxiliar você no cálculo do seu benefício.

Assim, você poderá identificar se a revisão é uma boa escolha; e se ela for vantajosa, ingresse com a sua ação judicial o quanto antes para não correr o risco de perder o prazo de dez anos!

Dra. Elisângela Coelho foi trabalhadora rural, doméstica, vendedora e hoje atua como advogada especialista em direito previdenciário.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Posso receber duas pensões por morte?

2 Revisão das atividades concomitantes. Saiba se você tem direito

3 Aposentadoria por idade rural e salário-maternidade rural

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Elisangela Coelho

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

procuradores-dao-beneficio-de-r$-11-mil-a-si-mesmos

Gospel Prime

Procuradores dão benefício de R$ 11 mil a si mesmos

Enquanto os trabalhadores da iniciativa privada tiveram de passar por muitas dificuldades desde a imposição de restrições por conta da pandemia, levando muitos a perderem seus empregos ou terem sua renda reduzida, o funcionalismo público continua aumentando seus privilégios. No dia 19 de dezembro, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) aprovou uma resolução que beneficia com até R$ 11 mil por mês procuradores que estiverem de férias, licença, recesso […]

today1 de fevereiro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%