G1 Mundo

Rússia rejeita condições de Biden para conversa com Putin sobre a Ucrânia

today2 de dezembro de 2022 9

Fundo
share close

O presidente dos EUA disse que conversaria com Putin se ele estivesse disposto a encerrar a invasão em solo ucraniano.


O presidente russo, Vladimir Putin, participa do Congresso de Jovens Cientistas em Sochi, na Rússia, em 1º de dezembro de 2022 — Foto: Sputnik/Vladimir Astapkovich/Kremlin via Reuters



O presidente russo, Vladimir Putin, declarou que está aberto a negociações sobre um possível acordo na Ucrânia, mas a recusa dos Estados Unidos em reconhecer territórios anexados como russos está dificultando uma busca por qualquer potencial acordo, disse o Kremlin nesta sexta-feira (2).

A Rússia rejeitou as condições apresentadas pelo governo americano e insistiu que prosseguirá com sua ofensiva. O líder norte-americano disse que conversaria com Putin se ele estivesse disposto a encerrar a invasão em solo ucraniano.

“O que Biden disse na realidade? Ele disse que as negociações são possíveis apenas depois que Putin abandonar a Ucrânia“, afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, à imprensa nesta sexta-feira, antes de acrescentar que Moscou “evidentemente” não está disposto a aceitar as condições.

“A maneira preferível de atingir nossos interesses é por meios pacíficos e diplomáticos”, afirmou Peskov. “Putin estava, está e continua aberto a contatos e negociações.”

Putin disse que não se arrepende de lançar o que chama de “operação militar especial” da Rússia contra a Ucrânia e classifica a guerra como um divisor de águas quando a Rússia finalmente enfrentou uma arrogante hegemonia ocidental após décadas de humilhação nos anos desde a queda da União Soviética em 1991.

A Ucrânia e o Ocidente dizem que Putin não tem justificativa para o que classificam como uma guerra de ocupação de estilo imperial. A Ucrânia afirma que vai lutar até que o último soldado russo seja expulso de seu território.

O presidente dos EUA, Joe Biden, participa de uma coletiva de imprensa em Washington, nos EUA, no dia 1º de dezembro de 2022 — Foto: REUTERS/Jonathan Ernst

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

copa-e-chance-para-criptoativos,-mas-realidade-frustra

G1 Mundo

Copa é chance para criptoativos, mas realidade frustra

Porém, a expectativa de uma explosão da demanda por esses ativos acabou frustrada. O timing do evento esportivo, em meio a uma derrocada nos preços das maiores criptomoedas como o Bitcoin por causa do colapso da corretora FTX, e a falta de compreensão dos investidores sobre esse tipo de token, decepcionaram alguns agentes do mercado. Maior criptomoeda do setor de “fan tokens”, a Chiliz (CHZ), do grupo Socios.com, experimentou um […]

today2 de dezembro de 2022 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%