G1 Santos

Santos lança plataforma de consulta e distribuição de remédios; entenda

today29 de setembro de 2023 20

Fundo
share close

A retirada de medicamentos do SUS pode ser feita em qualquer policlínica, Ambulatório de Especialidades (Ambesps) e Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) de Santos. As farmácias das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) não estão inclusas no projeto.

A medida é válida apenas para moradores devidamente assistidos na rede municipal de saúde, com prescrição feita pela unidade de saúde municipal ou conveniada. Além disso, durante a retirada da medicação, o responsável deverá apresentar o receituário original e um documento com foto.

Entretanto, a retirada dos medicamentos continua a ser feita nas unidades de origem para os pacientes insulinodependentes [que dependem de insulina] e os assistidos pela Seção de Atendimento Domiciliar (Seadomi), cujo cuidador continuará a retirar os insumos e medicamentos na farmácia da Seadomi.



Abaixo, o g1 explica como usar a nova plataforma, lançada na última quarta-feira (27):

A plataforma ‘Remédio Fácil’ pode ser acessada pelo Portal da Transparência de Santos. Nela, é possível procurar pelo nome de medicamentos específicos e consultar sua disponibilidade nos estoque das policlínicas da cidade.

A medida permite que os pacientes consultem a disponibilidade dos medicamentos antes de se dirigir ao local de retirada, optando pelo local que melhor lhe convier. Para algumas pessoas é mais prático retirar o medicamento em uma unidade mais próxima do seu trabalho, durante o horário do almoço, por exemplo, do que perto de sua residência.

No ato da retirada, o paciente deve apresentar a receita em nome de munícipes e provenientes de Unidades de Saúde pertencentes ao SUS ou conveniadas à rede municipal. A retirada ocorre a partir da apresentação dos documentos: Receita impressa ou assinada digitalmente e documento com foto.

Caso os medicamentos sejam retirados por pessoas entre 16 e 18 anos para terceiros, estes deverão apresentar um documento com foto do paciente.

Para retirada de medicamentos de uso contínuo, deverá constar tal informação na receita. Eles serão fornecidos para períodos de 30 dias, sendo a validade da receita de 6 meses, com exceção para os medicamentos controlados da Portaria 344/98.

Os medicamentos da Portaria 344/98 devem ser prescritos em duas vias [da farmácia e do usuário] e a receita tem validade de 30 dias.

Os antimicrobianos pertencentes a RDC 471/2021 devem ser prescritos em duas vias [da farmácia e do usuário], sendo a validade da receita de 10 dias.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

outubro-rosa-em-guaruja-tem-cordel,-danca-e-laco-humano-nesta-segunda

Prefeitura de Guarujá

Outubro Rosa em Guarujá tem cordel, dança e laço humano nesta segunda

Evento acontece na Praia da Enseada, em frente à Praça Horácio Lafer;  em caso de chuva, ação será transferida para o Ginásio Guaibê A Prefeitura de Guarujá realiza, nesta segunda-feira (2), atividades em alusão à campanha Outubro Rosa, que sensibiliza a sociedade sobre a necessidade de prevenção ao câncer de mama e de colo de útero. O local escolhido é a Praia da Enseada, em frente à Praça Horácio Lafer, […]

today29 de setembro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%