G1 Santos

Síndico de flat de luxo acusado de injúria racial e assédio moral é afastado da função pela Justiça

today28 de maio de 2023 11

Fundo
share close

De acordo com a advogada que representa os moradores do condomínio, Semíramis Regina Moreira de Carvalho, o síndico e a esposa deixaram o apartamento após a liminar. Ela explicou que, até a data da assembleia, a administração do flat assumirá as atividades antes realizadas pelo homem que foi afastado do cargo. Isso ocorrerá porque os demais membros do conselho renunciaram ao cargo.

Em relação à liminar, assinada na última sexta-feira (26), a juíza Gladis Naira Cuvero justificou que a decisão se fez necessária devido à “perturbação social evidente” que a presença do síndico causava aos moradores e funcionários do flat.

Na liminar, a juíza negou o pedido de justiça gratuita apresentado pelo síndico afastado do flat de luxo. Ela explicou que o benefício é concedido a pessoas que comprovem não ter recursos para arcar com os custos, despesas processuais e honorários advocatícios, e que as justificativas apresentadas pelo denunciado não comprovam tal “miserabilidade”.



Trabalhadores de condomínio denunciam síndico e mulher por injúria racial e assédio moral

Trabalhadores de condomínio denunciam síndico e mulher por injúria racial e assédio moral

A auxiliar de lavanderia Nathalia Pereira trabalha há quatro anos no condomínio, mas ressaltou que é alvo de injúria racial desde que o síndico e a esposa ‘assumiram’ o local há dois anos. “Sofri com falas racistas da mulher do síndico. Ela ficava no meu setor e, em momentos aleatórios, relatava o tempo da escravidão para uma pessoa preta. Isso me trazia muita dor”.

“Houve muita humilhação, e sempre por causa da minha cor”, desabafou Nathalia.

A mulher afirmou ter passado por crises de ansiedade após um episódio ‘marcante’ com a esposa do síndico, que a levou a denunciar o caso em uma delegacia na cidade. “Eu a ajudava na arrumação da roupa de outra funcionária e ela disse que [o trabalho] estava malfeito, que era um serviço de preto”.

Mais de 30 funcionários de flat de luxo acusaram síndico e esposa de crimes no condomínio em Guarujá, SP — Foto: Reprodução/TV Tribuna

Aproximadamente 30 funcionários do flat de luxo em Guarujá denunciaram o síndico e a esposa ao Sindicato dos Empregados em Edifícios e Condomínios (Seeglag). Segundo eles, os abusos acontecem há dois anos, desde que o homem foi nomeado síndico do prédio.

Segundo a advogada do Seeglag, Carla Costa da Silva, o Ministério Público do Trabalho (MPT-SP) foi acionado após a coleta de depoimentos dos trabalhadores do flat, que fica no Centro da cidade. “Ingressamos com uma denúncia pedindo a apuração de todos os fatos e também a responsabilização do condomínio”, explicou.

A reportagem tentou contato com o síndico afastado, mas não teve sucesso. No último contato com o homem, ele emitiu uma nota e informou que “tomou conhecimento dos fatos apenas na sexta-feira (19)”, com uma movimentação de funcionários na frente do condomínio.

O morador acrescentou que, até a última segunda-feira (22), não havia sido notificado sobre a denúncia e que iria às “esferas competentes apresentar a defesa cabível”. Ele refutou todas as acusações.

Baixada em Pauta: José Ricardo, presidente da Afrosan, é o convidado da semana

Baixada em Pauta: José Ricardo, presidente da Afrosan, é o convidado da semana

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

tunel-da-vila-zilda-e-trecho-da-avenida lydio-martins-correa-serao-interditados

Prefeitura de Guarujá

Túnel da Vila Zilda e trecho da Avenida Lydio Martins Corrêa serão interditados

A Prefeitura de Guarujá informa que o trecho entre o Túnel Juscelino Kubitscheck (Vila Zilda) e a rotatória que dá acesso ao bairro da Cachoeira, na Avenida Lydio Martins Corrêa, serão interditados nestas segunda (29) e terça-feira (30), das 21 horas às 7 horas. O motivo da intervenção é para execução de travessias de drenagem. Rota Alternativa Destino Vicente de Carvalho (Rota Amarela): Enseada sentido Vicente de Carvalho Bairros: Morrinhos, Vila […]

today28 de maio de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%