G1 Mundo

Treinamento constante e leis que exigem prédios mais resistentes: como Taiwan consegue ‘sobreviver’ a terremotos de grande magnitude

today4 de abril de 2024 7

Fundo
share close

A frequência de terremotos no território na Ásia é intensa — só nesta quarta, dezenas de réplicas foram registradas. Ainda assim, os cerca de 23 milhões de habitantes da ilha, focada na produção de alta tecnologia, conseguem ter uma vida normal graças à preparação de excelência do território para enfrentar terremotos.

Veja, abaixo, como a ilha consegue resistir a grandes destruições apesar de tantos terremotos:

Por que há tantos tremores?



Infográfico mostra epicentro do terremoto que atingiu Taiwan e o leste da Ásia, mortos, feridos e prédios afetados. — Foto: Gabs e Wagner Magalhães/g1

  • Anel de Fogo – Taiwan fica no chamado “Anel de Fogo” do Pacífico, a linha de falhas sísmicas que circunda o Oceano Pacífico, onde ocorre a maioria dos terremotos do mundo.
  • Encontro de placas tectônicas – A área é particularmente vulnerável a tremores devido à tensão acumulada pelas interações de duas placas tectônicas, a Placa do Mar das Filipinas e a Placa da Eurásia, que podem levar a liberações repentinas na forma de terremotos.
  • Montanhas – A paisagem montanhosa da região pode ampliar o tremor do solo, provocando deslizamentos de terra. Vários desses deslizamentos de terra ocorreram na costa leste de Taiwan, perto do epicentro do terremoto de quarta-feira, perto do leste do condado de Hualien, quando destroços caíram em túneis e rodovias, esmagando veículos e causando várias mortes.

Taiwan está bem equipada para lidar com terremotos?

Antes e depois do terremoto em Taiwan — Foto: Reprodução/Google Street View; CNA via AFP

O terremoto de quarta-feira teve magnitude 7,2, de acordo com a agência de monitoramento de terremotos de Taiwan, enquanto o Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês) o estimou em 7,4. Danificou vários edifícios em Hualien, mas causou apenas pequenas perdas na capital Taipei, apesar de ter sido fortemente sentido lá.

O terremoto ocorreu no meio da hora do rush matinal, mas atrapalhou apenas ligeiramente o trajeto habitual da população local. Poucos minutos depois, os pais voltavam a levar os filhos para a escola, e os trabalhadores dirigiam-se para os escritórios.

“A preparação de Taiwan para terremotos está entre as mais avançadas do mundo”, disse à Associated Press Stephen Gao, sismólogo e professor da Universidade de Ciência e Tecnologia do Missouri. “A ilha implementou códigos de construção rigorosos, uma rede sismológica de classe mundial e amplas campanhas de educação pública sobre segurança contra terremotos.”

O governo de Taiwan revê com frequência o nível de resistência aos terremotos exigido para edifícios novos e os já existentes — o que pode aumentar os custos de construção — e oferece subsídios aos residentes dispostos a fazer essa verificação em seus edifícios.

O governo taiwanês também tem promovido exercícios sobre terremotos em escolas e locais de trabalho, e os meios de comunicação e celulares locais transmitem regularmente avisos sobre terremotos e segurança.

“Essas medidas aumentaram significativamente a resiliência de Taiwan aos terremotos, ajudando a mitigar o potencial de danos catastróficos e perda de vidas”, disse Gao.

Terremoto de 1999, o marco para mais segurança

Turista fica preso em piscina de hotel 5 estrelas durante terremoto em Taiwan

Turista fica preso em piscina de hotel 5 estrelas durante terremoto em Taiwan

Taiwan e as ilhas ao seu redor registaram cerca de 2.000 sismos com magnitude igual ou superior a 4 desde 1980, e mais de cem sismos com magnitude superior a 5,5, segundo o USGS.

Até então, o pior terremoto da ilha nos últimos anos havia sido em 21 de setembro de 1999, com magnitude de 7,7. Causou 2.400 mortes, feriu cerca de 100 mil e destruiu milhares de edifícios.

Foi também um grande sinal de alerta que levou a reformas administrativas importantes para melhorar a resposta a emergências e a redução de desastres, de acordo com Daniel Aldrich, professor de ciência política e políticas públicas na Northeastern University.

“Os observadores internacionais criticaram fortemente a resposta de Taiwan ao terremoto de 21 de setembro de 1999, argumentando que as equipes de resposta médica de emergência demoraram horas para chegar, que as equipes de resgate não tinham treinamento e que as operações entre as agências governamentais não foram bem coordenadas”, afirmou Aldrich à agência Associated Press.

Como resultado, o governo aprovou a Lei de Prevenção e Protecção de Desastres e criou dois centros nacionais para lidar com a coordenação e formação em caso de terramotos.

“Acho que estamos vendo os resultados deste terremoto mais recente”, disse ele.

Tremor quebra 'cabeça' da Ilha da Tartaruga em Taiwan

Tremor quebra ‘cabeça’ da Ilha da Tartaruga em Taiwan




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

essequibo:-maduro-promulga-lei-que-cria-provincia-da-venezuela-em-territorio-da-guiana

G1 Mundo

Essequibo: Maduro promulga lei que cria província da Venezuela em território da Guiana

O texto chamado de "Lei Orgânica para a Defesa de Essequibo" tem 39 artigos e regulamenta a fundação do estado da "Guiana Essequiba". Um dos artigos da lei também impede que apoiadores da posição do governo da Guiana ocupem cargos públicos ou concorram a cargos eletivos. Em tese, esse dispositivo cria uma barreira para qualquer pessoa que adotar medidas contrárias à anexação do território de Essequibo pela Venezuela. Durante a […]

today4 de abril de 2024 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%