Gospel Prime

Vaticano expulsa padre pró-vida alegando “blasfêmia”

today21 de dezembro de 2022 81

Fundo
share close

O Vaticano destituiu o Padre Frank Pavone, diretor nacional da organização Sacerdotes pela Vida e importante voz católica pró-vida nos Estados Unidos, por comunicar blasfêmias nas redes sociais e por desobedecer ao seu bispo diocesano.

Sendo assim, na semana passada o arcebispo Christophe Pierre, o núncio apostólico nos Estados Unidos, escreveu uma carta aos bispos norte-americano dizendo que Pavone tinha sido dispensado do sacerdócio e que não havia “qualquer possibilidade de recurso”.

Segundo o arcebispo, no dia 9 de novembro o prefeito do Dicastério para o Clero emitiu a decisão sobre as alegadas “comunicações de blasfêmias nas redes sociais e de desobediência persistente às instruções legais do seu bispo diocesano”.

“Ao Padre Pavone foi dada ampla oportunidade de se defender nos procedimentos canónicos, e também lhe foram dadas múltiplas oportunidades de se submeter à autoridade do seu bispo diocesano. Foi determinado que o Padre Pavone não tinha qualquer justificação razoável para as suas ações”, disse ele em uma declaração.

Além disso, em sua declaração ele descreveu o Padre Pavone como uma pessoa leiga. Pavone alegou não ter sido notificado sobre o julgamento do Vaticano, respondendo a notícia no domingo através do Twitter.



“Olá amigos… Então, em todas as profissões, incluindo o sacerdócio, se defender o #nascituro, será tratado como eles! A única diferença é que quando somos ‘abortados’, continuamos a falar, em alto e bom som”, escreveu.

Desta forma, Pavone tinha sido investigado pela Diocese de Amarillo, Texas, por ter colocado um feto abortado no altar e ter publicado um vídeo nos meios de comunicação em 2016. O post afirmava que a candidata presidencial Hillary Clinton e a Plataforma do Partido Democrata apoiam o aborto enquanto os republicanos buscavam a proteção aos bebês.

“A blasfémia é que este santo padre é cancelado enquanto um presidente mau promove a negação da verdade e o assassinato dos nascituros, os funcionários do Vaticano promovem a imoralidade e a negação do depósito da fé e os padres promovem a confusão de género devastando vidas…maldade”, escreveu Bispo Joseph Strickland.

Segundo The Christian Post, o comentador político conservador e autor Dinesh D’Souza chamou ao movimento do Vaticano “profundamente chocante”, afirmando que a razão evidente é que ele não se submeteria à tentativa do seu bispo de restringir e controlar a sua organização Sacerdotes pela Vida.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

termo-de-compromisso-e-assinado-para-liberacao-de-r$-10-mi-para-obras-do-aeroporto-de-guaruja,-sp

G1 Santos

Termo de compromisso é assinado para liberação de R$ 10 mi para obras do Aeroporto de Guarujá, SP

O prefeito de Guarujá, Válter Suman, assinou o termo de compromisso de utilização de R$ 10 milhões para início das obras do Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá, nesta terça-feira (20). O recurso é fruto de uma emenda parlamentar apoiada pela bancada paulista da Câmara Federal. O convênio foi firmado em cerimônia virtual entre a Secretaria Nacional de Aviação Civil, do Ministério da Infraestrutura, e a administração municipal. Participaram do evento […]

today21 de dezembro de 2022 203

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%