G1 Santos

Venda de imóveis na Baixada Santista cresceu 133,51%, mas locações tiveram queda; entenda

today30 de maio de 2024 4

Fundo
share close

As vendas de apartamentos e casas na Baixada Santista, no litoral de São Paulo, cresceram 133,51% entre março e abril deste ano. É o que aponta uma pesquisa do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP), que avaliou também o número de locações no período.

Para elaborar o levantamento, o Creci-SP consultou 56 imobiliárias das nove cidades da Baixada Santista: Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente.

O levantamento também filtrou dados sobre as vendas, sendo que 29,1% foram de casas, enquanto as outras 70,9% foram de apartamentos.



Enquanto as vendas tiveram alta, as locações tiveram queda de 5,38%. Quem optou por alugar também escolheu mais apartamentos (69,7%) que casas (30,3%).

Pesquisa revelou também o número de dormitórios das casas e apartamentos na Baixada Santista — Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa

Segundo o Creci-SP, a média de valores das casas vendidas em abril ficou em R$ 300 mil e as escolhas priorizaram imóveis com dois dormitórios e área útil de até 100 m².

O valor médio dos apartamentos vendidos foi de R$ 350 mil com dois dormitórios e área útil de 50 até 100 m².

A pesquisa ainda apontou que 40,1% dos imóveis vendidos ficam em áreas consideradas periféricas, que são mais afastadas do centro ou de áreas urbanas. Outros 24,2% estavam situados nas regiões centrais e 35,7% nas áreas nobres das cidades.

Já em relação aos aluguéis, a faixa de preço de preferência dos inquilinos ficou em até R$ 1.250 mil para imóveis de dois quartos com até 100 m² de área útil. A faixa para apartamentos ficou em até R$ 2 mil para imóveis de dois quartos com até 100 m² de área útil.

Segundo o Creci-SP, a principal garantia de locação escolhida pelos moradores foi o depósito caução. 22,1% optaram por imóveis na periferia das cidades pesquisadas, 37,2% na região central e 40,7% nos bairros mais nobres.

Por meio de nota divulgada pelo Creci-SP, o presidente José Augusto Viana Neto disse que o setor imobiliário já apresenta reações, conforme previsto.

“A região é promissora e muitas famílias estão optando pela aquisição de casas e apartamentos não apenas para veraneio. O número de moradores vem crescendo bastante e criando um ciclo virtuoso em toda a região”, comentou.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

bonde-de-santos-volta-a-circular-entre-terca-feira-e-domingo

G1 Santos

Bonde de Santos volta a circular entre terça-feira e domingo

Devido às obras de reurbanização nas vias do Centro Histórico de Santos, o trajeto será restrito. Confira. Bonde de Santos (SP) — Foto: Raimundo Rosa/Jornal A Tribuna A Linha Turística do bonde de Santos, no litoral de São Paulo, voltará a circular de terça-feira a domingo a partir de 4 de junho. Entre março e maio deste ano, a atração funcionou apenas aos sábados, domingos e feriados devido às obras […]

today30 de maio de 2024 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%