G1 Mundo

Viúva de Navalny acusa Putin e diz que seguirá com luta do marido na Rússia; VÍDEO

today19 de fevereiro de 2024 9

Fundo
share close

Em declaração nas redes sociais, Yulia Navalny disse que vai continuar o trabalho de seu marido, Alexei, que era o principal opositor do presidente Vladimir Putin e que morreu aos 47 anos na última sexta-feira (16) na prisão.




Esposa de Navalny promete continuar trabalho de Alexei Navalny contra o governo russo

Esposa de Navalny promete continuar trabalho de Alexei Navalny contra o governo russo

A esposa do opositor russo que morreu na sexta-feira (16), Yulia Navalny, afirmou nesta segunda que o presidente Vladimir Putin matou seu companheiro, Alexei Navalny, porque “não poderia pará-lo”. A declaração foi feita em um vídeo publicado nas redes sociais. (Veja acima)

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2024/02/19/corpo-de-navalny-esta-escondido-para-sumir-com-vestigios-de-assassinato-diz-porta-voz.ghtml

Yulia afirmou também que continuará o trabalho dele contra o governo Putin e que os assassinos de seu marido serão revelados.

Alexei Navalny, oposicionista russo, e sua mulher Yulia — Foto: Shamil Zhumatov/Reuters

“Vou continuar a batalhar contra o Kremlin com mais fúria do que antes. Peço-lhes que fiquem ao meu lado, que compartilhem a raiva comigo. Raiva, ira, ódio para com aqueles que ousaram matar nosso futuro”, disse Yulia também.

“A minha mensagem na situação da minha morte é simples: não desistir. Escutem, tenho algo óbvio para dizer, vocês não podem desistir. Se eles decidirem me matar, é porque somos incrivelmente fortes”.

Ele também diz que seus apoiadores precisam usar a força, para não desistir, “para lembrar que temos poder, que somos oprimidos pelos maus. Não percebemos a força que temos. O necessário para o triunfo do mal é que os bons não façam nada. Então, não fiquem inativos”.

Navalny, de 47 anos, era um ex-advogado que ficou conhecido ao fazer acusações de corrupção ao governo do presidente Vladimir Putin. Ele se apresentava como um político liberal e principal adversário do atual presidente.

Na década de 2010, por exemplo, liderou um movimento contra Putin que levou milhares de pessoas às ruas do país. Já em 2018, ele convocou outra manifestação chamada de “greve de eleitores” após Putin ser eleito.

O opositor do atual governo foi sentenciado à prisão até completar 74 anos por acusações que, segundo ele, foram forjadas para mantê-lo afastado da política.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

a-trend-do-palavrao

Pleno News

A trend do palavrão

HomeOpiniãoRenato VargensA trend do palavrão Que absurdo é esse? Que loucura é essa? Renato Vargens - 19/02/2024 16h30 A trend do palavrão Foto: Reprodução É impressionante como os descendentes de Adão conseguem desafiar o bom senso a cada dia. Uma nova tendência se espalhou pelas redes sociais. A “brincadeira”, que de brincadeira não tem nada, consiste em deixar crianças pequenas falarem palavrões para “extravasar”, entenda. Os vídeos que vi no […]

today19 de fevereiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%