G1 Mundo

22 migrantes morrem em naufrágio perto de Madagascar

today13 de março de 2023 13

Fundo
share close

23 foram resgatados com vida em Ambanja, no norte do país.


Imagem de arquivo mostra pier e praia de Madagascar em 30 de dezembro de 2022 — Foto: Gregoire Merot/AFP



Vinte e dois migrantes em um barco para a ilha francesa de Mayotte, no Oceano Índico, morreram em um naufrágio na costa de Madagascar no sábado, anunciaram as autoridades marítimas do país africano nesta segunda-feira (13).

“Quarenta e sete pessoas tomaram o navio ilegalmente com a intenção de chegar a Mayotte”, disse a Autoridade Portuária, Marítima e Fluvial de Madagascar (APMF) em um comunicado.

“O navio virou. Vinte e três passageiros foram salvos. Vinte e dois corpos sem vida foram recuperados”, acrescentou o comunicado.

O naufrágio ocorreu no distrito de Ambanja, no extremo norte de Madagascar. A costa mais próxima da grande ilha fica a pouco mais de 350 km do departamento francês de Mayotte.

A marinha, a gendarmeria, a alfândega e também simples pescadores participaram das operações de resgate, segundo a APMF.

Naufrágios de pequenos barcos pesqueiros motorizados usados por contrabandistas ocorrem frequentemente na rota marítima Madagascar-Mayotte, que faz parte do arquipélago das Comores.

Muitos migrantes africanos tentam todos os anos chegar ao arquipélago, cuja metade da população é estrangeira. A ilha comoriana de Anjouan fica a apenas 70 km de Mayotte, território francês.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

a-batalha-na-florida-sobre-como-racismo-e-ensinado-nas-escolas

G1 Mundo

A batalha na Flórida sobre como racismo é ensinado nas escolas

“Traz muitas memórias”, diz Bracy, 74, em uma cafeteria perto da escola. São memórias de como ela era constantemente atormentada por seus colegas - que cuspiam, batiam nela e chamavam-na de palavras ofensivas. Houve uma vez que ela precisou levar pontos na cabeça depois de uma surra. Tudo porque ela foi uma das primeiras estudantes negras quando a escola passou a atender alunos de todas as etnias, em 1965. Por […]

today13 de março de 2023 23

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%