G1 Mundo

26 pessoas que estão na Faixa de Gaza pedem repatriação ao Brasil; veja quem são

today19 de outubro de 2023 3

Fundo
share close

O grupo é composto por 13 crianças, 8 mulheres e 5 homens, sendo 17 são brasileiros, 7 palestinos (com visto temporário ou autorização de residência no Brasil) e 2 palestinos parentes de brasileiros.

Do total, 10 pessoas em uma casa alugada pelo governo brasileiro, que fica a um 1 km da fronteira com o Egito, na cidade de Rafah. O grupo estava no Norte de Gaza e foi transferido pelo governo brasileiro após o aviso de Israel para deixarem a região.

Veja mais informações sobre as pessoas que pediram a repatriação:



Shaed Al-Bana tem 18 anos é de família palestina e mora há um ano e meio em Gaza. Ela está com a irmã, Shams, de 13 anos e a avó, Jamila, de 64 anos.

A jovem tem feito vídeos mostrando o conflito e relatando como está a espera pela repatriação.

Noura Bader, de 37 anos, está com o esposo Monir de 38 anos e os 3 filhos do casal.

A família Bader já morou em São Paulo como refugiados e têm cidadania brasileira. O filho mais novo do casal, Mohamed, de 4 anos, nasceu no Brasil. Em fevereiro deste ano, eles decidiram voltar à Palestina

No ano passado, Noura Bader foi retratada pelo artista Eduardo Kobra num mural em frente ao Museu da Imigração, na zona leste de São Paulo. O artista registrou 8 migrantes e refugiados para celebrar a diversidade étnica.

  • Mahmoud Alhaloub, de 40 anos.
  • Ahmed Alajrami, de 43 anos.

Cidade de Khan Yunis (cidade a 9 km de Rafah)

A bebê Aylin, de 8 meses está com os pais. A mãe Reem Said Rabbe, de 28 anos e o pai, Ramadan Hassan Abdou, de 29 anos.

A criança ficou doente e a família recebeu ajuda do governo brasileiro com fraldas, leite e remédio.

“Recebemos essa doação do governo do Brasil, Ayla tava muito doente, a gente agradece muito”, disse Reem Said Rabbe

Também estão em Khan Younes três mulheres sozinhas com os filhos. Uma delas de 47 anos, com dois filhos de 10 e 12 anos, outra de 25 anos, com um filho de 1 ano, e uma terceira de 35 anos, com três filhos de 12, 10 e 19 anos.

O Brasileiro Hasan Rabbe, 32 anos, está com a família. A esposa de 26 anos, e as duas filhas de 6 e 3 anos de idade.

A família mora em São Paulo e foi para a Faixa de Gaza para visitar a família de Hasan, poucos dias antes da ação do grupo terrorista Hamas.

Hasan, assim como Shahed, tem compartilhado a vida em Gaza desde que começou o conflito na região, ele relata que estão sem água e sem luz.

” As crianças estão com medo… Não há previsão para abrir a fronteira, não tem previsão também quando a gente vai sair daqui. Não sabemos se vamos sair vivos ou em caixões”, disse em uma gravação.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-que-se-sabe-sobre-explosao-em-hospital-de-gaza-que-deixou-centenas-de-mortos

G1 Mundo

O que se sabe sobre explosão em hospital de Gaza que deixou centenas de mortos

Uma explosão em um hospital de Gaza, onde estavam centenas de pacientes, médicos e socorristas, e cerca de 1.000 refugiados, deixou centenas de mortos. Segundo autoridades palestinas, ao menos 471 pessoas morreram no incidente. Vídeos divulgados pela mídia local e internacional mostraram o caos fora do hospital Al-Ahli Arab, na Cidade de Gaza, com vítimas ensanguentadas e mutiladas sendo carregadas em macas no escuro. Com o passar do tempo, a […]

today19 de outubro de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%