G1 Mundo

48 seguem desaparecidos após desabamento sobre mina na China

today23 de fevereiro de 2023 23

Fundo
share close

A emissora estatal CCTV informou que o número de mortos no desastre subiu para cinco.

As condições na área permanecem perigosas, e a busca teve que ser suspensa por várias horas após um segundo deslizamento de terra na gigantesca instalação da Liga Alxa da Mongólia Interior.

Tranmissão da CCTV mostra gravação de encosta caindo sobre a mina em Alxa League, na China — Foto: CCTV via AP



Um policial disse que apenas aqueles com aprovação do governo teriam permissão para acessar a área. Ela disse que as pessoas que vivem perto da mina foram enviadas para uma cidade próxima.

O desmoronamento inicial de uma das paredes do poço ocorreu por volta das 13h do horário local nesta quarta-feira.

A causa do desastre continua sob investigação.

Câmera aérea mostra equipes de resgate trabalhando em busca de sobreviventes do deslizamento em mina de carvão da China — Foto: Bei He/Xinhua via AP

A agência oficial de notícias Xinhua disse que cerca de 900 equipes de resgate com equipamentos pesados estavam no local e retomaram as buscas na manhã de quinta-feira.

O presidente chinês, Xi Jinping, pediu “todos os esforços de busca e resgate” e “garantir a segurança das vidas e propriedades das pessoas e manter a estabilidade social geral”.

A Mongólia Interior é uma região chave para a mineração de carvão e vários minerais e terras raras que, segundo os críticos, devastou a paisagem de montanhas, estepes verdejantes e desertos da região.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guerra-na-ucrania:-qual-o-impacto-das-sancoes-contra-russia-apos-um-ano-da-invasao?

G1 Mundo

Guerra na Ucrânia: qual o impacto das sanções contra Rússia após um ano da invasão?

As nações da União Europeia, que estavam entre os principais importadores da energia russa, encerraram as compras de petróleo transportado por via marítima. E em 5 de fevereiro, entrou em vigor a proibição da comercialização de produtos derivados do petróleo russo. Os Estados Unidos disseram, por sua vez, em março do ano passado que deixariam de importar petróleo russo; e desde 5 de dezembro, entrou em vigor no Reino Unido […]

today23 de fevereiro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%