G1 Santos

50 anos de Mulheres de Areia: saiba como a novela mudou a vida dos moradores de cidade do litoral de SP

today26 de março de 2023 11

Fundo
share close

A novela conta a história de duas irmãs gêmeas idênticas, Ruth e Raquel, que tem personalidades diferentes. Ruth se apaixona por Marcos Assunção, o rapaz rico que chegou à cidade. O galã acaba se casando com Raquel, porém, a jovem só tem interesse no dinheiro dele. Quem ajuda Ruth a ficar com Marcos é Tonho da Lua, famoso por esculpir mulheres nas areias da praia.

A Praia dos Sonhos, em Itanhaém, foi palco para a novela Mulheres de Areia (1973). — Foto: Prefeitura de Itanhaém



Itanhaém ficou conhecida nacionalmente após as gravações da versão original da novela, que ocorreram ao longo da década de 1970 na Praia dos Sonhos. O local é um dos cartões de visita mais procurados na cidade. Na época, o entorno da praia era espaço de casas simples e vendas de peixes.

Justamente nestas barracas de pescado que a escritora Elizabeth Bechir, de 66 anos, subia para poder acompanhar as gravações de algumas cenas da novela. Na época com 16, ela era a menor das irmãs e precisava fazer um esforço para poder assistir os artistas da novela. “Semanalmente eles gravavam algumas cenas nas praias. Para nós [população] era uma festa, como se fosse um feriado”.

Segundo a escritora, as praias dos Sonhos e dos Pescadores, em Itanhaém (SP), lotavam com moradores e até mesmo turistas que visitavam a cidade apenas para poder ver uma parte das filmagens — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo a escritora, as praias dos Sonhos e dos Pescadores lotavam com moradores e turistas, que visitavam a cidade apenas para poder ver uma parte das filmagens. “Os atores e atrizes eram como deuses e queríamos ser iguais a eles”, lembra. De acordo com ela, assistir as cenas do drama na televisão era como viver duas realidades diferentes: a de ter acompanhado ao vivo as imagens sendo produzidas e depois assistir na tela. “Uma sensação inexplicável”, afirma.

Itanhaém conhecida nacionalmente

O ‘feriado’ municipal, conforme Elizabeth, era um fenômeno. Todos queriam ver Eva Wilma (Ruth/Raquel), Carlos Zara (Marcos) e Gianfrancisco Guarnieri (Tonho da Lua). A escritora conta que depois da novela, as pessoas passaram a fazer esculturas de areia nas praias da de Itanhaém em homenagem à novela.

A escritora conta que depois da novela, as pessoas passaram a fazer esculturas de areia nas praias da de Itanhaém (SP) em homenagem à novela. — Foto: Arquivo Pessoal

“Eles almoçavam nos restaurantes que ficavam na praça da cidade (Centro). As pessoas iam só para pegar autógrafos”. Em um desses estabelecimentos, inclusive, foi feita uma festa para comemorar o encerramento das gravações da novela, em 1974.

Segundo o proprietário do Restaurante Caçula, José Armando Ferreira, de 65 anos, um jantar foi feito em seu estabelecimento logo após o fim das filmagens em Itanhaém. “Foi em um dia da semana. Precisaram ficar quatro policiais na porta para não deixar o pessoal entrar”, afirma. Ao longo da festa, ele entregou a um dos garçons um cartão postal, uma imagem de Tonho da Lua fazendo uma escultura de areia, para que pegasse autógrafos dos artistas [veja imagem abaixo]. “Infelizmente não temos muitas fotos, só lembranças”, lamenta.

Segundo o proprietário do Restaurante Caçula, José Armando Ferreira, de 65 anos, um jantar foi feito em seu estabelecimento logo após o fim das filmagens da novela ‘Mulheres de Areia’ em Itanhaém — Foto: Arquivo Pessoal

O personagem Tonho da Lua fazia as esculturas de areia em formato de mulher em homenagem à sua amada, a gêmea Ruth, na ficção. Porém, quem de fato esculpia as imagens na realidade era o ator Serafim Gonzalez, que fazia o papel de Alemão na novela. Inclusive, após as filmagens da novela, o ator deixou de lembrança a escultura de concreto “Mulheres de Areia” na Praia dos Sonhos. “Nos deixa orgulhosos de dizer que aqui [Itanhaém] foi gravada a novela. Para mim é um orgulho ser itanhaense”, afirma Elizabeth.

A estátua “Mulheres de Areia” foi fixada em uma das pedras da praia. Em 2019, ela foi depredada por vândalos, que arrancaram a cabeça do monumento e danificaram outras partes. Mais tarde uma nova peça foi colocada no mesmo local, com os mesmos moldes, porém, feita de fibra.

Uma nova versão da novela Mulheres de Areia foi exibida pela TV Globo em 1993. A autora Ivani Ribeiro reescreveu a trama e se baseou na primeira versão da novela e em O Espantalho, também de sua autoria. As cenas da nova versão foram gravadas no Estado do Rio de Janeiro.

A atriz Gloria Pires fez o papel das irmãs gêmeas Ruth e Raquel, Guilherme Fontes foi Marcos Assunção e Marcos Frota, o Tonho da Lua. Carlos Zara e Serafim Gonzalez, do elenco original, também atuaram no remake. Serafim Gonzalez, novamente, ficou responsável pelas “Mulheres de areia” esculpidas na praia.

Foi nesta versão da novela que a artista Renata Louzada, moradora de Itanhaém, se inspirou para se profissionalizar na arte de fazer esculturas. “Ensino as pessoas desde sempre, mas me aperfeiçoei e me tornei profissional em escultura de areia em 2016”, afirma. Ela explica que começou no ramo aos sete anos de idade, mas foi ao longo da adolescência, quando o remake foi ao ar, que Renata passou a amar essa arte. “Assisti a segunda versão duas vezes, ela me fez crescer a vontade de continuar fazendo as esculturas”.

Neste ano, dentro da programação dos 50 anos de Mulheres de Areia em Itanhaém, Renata é a professora da oficina que ensina os moradores da cidade a fazer essas esculturas. “As aulas têm sido maravilhosas e é uma terapia para mim e para os alunos”.

Uma das esculturas feitas por Renata, inclusive, foi feita à própria mãe dela, em outubro do ano passado, durante a Virada SP que acontecia na cidade. Menos de um mês depois, a mãe da artista morreu. “Esta arte é muito especial, ela foi minha última homenagem a ela”, lembra.

Foi na última versão da novela “Mulheres de Areia” que a artista Renata Louzada, moradora de Itanhaém, se inspirou para se profissionalizar na arte de fazer esculturas. — Foto: Arquivo Pessoal

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

audiencia-publica-discutira-a-reforma-do-terminal-rodoviario-em-guaruja,-sp

G1 Santos

Audiência pública discutirá a reforma do Terminal Rodoviário em Guarujá, SP

A Prefeitura de Guarujá realiza, nesta segunda-feira (27), uma audiência pública para a publicação do edital da nova concessão e melhorias do Terminal Rodoviário da Cidade. Segundo a prefeitura, desde 2003, a rodoviária é administrada pela empresa Socicam, que termina sua gestão no segundo semestre desse ano, o que faz necessário um novo processo de concessão. A reunião é aberta ao público e acontece às 18h, no Teatro Municipal Procópio […]

today26 de março de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%