G1 Mundo

8 policiais são feridos e 38 manifestantes são presos após protesto contra o resultado das eleições na Sérvia

today25 de dezembro de 2023 4

Fundo
share close

No domingo, a polícia disparou spray de pimenta depois que uma multidão tentou invadir a prefeitura de Belgrado, onde fica a sede da comissão eleitoral local. Alguns dos manifestantes escalaram o prédio e quebraram janelas. Alguns atiraram pedras nas janelas, quebrando vidros.

Ivica Ivkovic, chefe da administração da polícia, disse que dois dos oito policiais feridos sofreram lesões graves.

“Continuaremos a trabalhar para manter a paz e a ordem e esperamos ver mais prisões relacionadas aos protestos da noite passada”, disse Ivkovic em entrevista.



O populista Partido Progressista Sérvio (SNS) obteve 46,72% dos votos nas eleições parlamentares antecipadas no fim de semana passado, no entanto, organizações internacionais disseram que a votação foi influenciada pelo Presidente Aleksandar Vucic e por irregularidades eleitorais, como a compra de votos.

O SNS negou a fraude eleitoral e descreveu as eleições como justas.

A aliança de oposição de centro-esquerda Sérvia Contra a Violência ficou em segundo lugar nas eleições com 23,56% dos votos, e o Partido Socialista da Sérvia em terceiro com 6,56%.

Manifestante tenta quebrar porta da prefeitura de Belgrado enquanto policiais fazem barricada no interior do prédio em 24 de dezembro de 2023 — Foto: Marko Djurica/REUTERS

Srdjan Milivojevic e Vladimir Obradovic, da coalizão Sérvia Contra a Violência, tentaram abrir a porta da prefeitura, mas não conseguiram entrar, enquanto a multidão gritava “entre, entre” e “não se renda”.

A Sérvia Contra a Violência disse quinta-feira numa carta enviada às instituições, autoridades e países membros da União Europeia que não reconheceria o resultado das eleições. A aliança apelou à UE para fazer o mesmo e iniciar uma investigação sobre os resultados.

O alto funcionário da polícia, Ivica Ivkovic, disse aos repórteres que os detidos enfrentarão acusações de incitação à mudança violenta da ordem constitucional – em referência à tentativa de derrubar o governo – e comportamento violento. Ele acrescentou que oito policiais ficaram feridos, vários deles gravemente.

Policiais reagem fisicamente contra manifestante no centro de Belgrado, na Sérvia, em 24 de dezembro de 2023 — Foto: Darko Vojinovic/Associated Press




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

bombardeio-em-campo-de-refugiados-de-gaza-deixa-68-mortos

G1 Mundo

Bombardeio em campo de refugiados de Gaza deixa 68 mortos

Segundo o hospital mais próximo entre os mortos estão 12 mulheres e sete crianças. “Fomos todos alvo”, disse Ahmad Turkomani, que perdeu vários membros da família, incluindo a filha e o neto. “De qualquer forma, não existe lugar seguro em Gaza.” Israel enfrenta críticas internacionais pelo número de civis mortos, mas culpa o Hamas, dizendo que o grupo terrorista usa áreas residenciais e túneis para se esconder no território. Na […]

today25 de dezembro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%