Pleno News

9 Dicas poderosas sobre os benefícios de incapacidade no INSS

today6 de dezembro de 2023 7

Fundo
share close

Elisângela Coelho – 06/12/2023 09h32

Tenha a mão tudo o que precisa para garantir o seu benefício Foto: Pixabay

Você sabia que o INSS oferece benefícios de incapacidade vitais para quem enfrenta problemas de saúde que impossibilitam o trabalho? Compreender os benefícios de incapacidade no INSS e como obtê-los é muito importante.

O INSS oferece diferentes tipos de benefícios de incapacidade, sendo os principais o auxílio-doença e a aposentadoria essencial para garantir o suporte financeiro em tempos difíceis.

Apresento aqui, nove dicas para que você possa saber a o quê tem direito.

1. Conheça os tipos de benefícios por invalidez


O auxílio-doença é concedido temporariamente quando o segurado está impossibilitado de trabalhar devido a uma condição médica, enquanto a aposentadoria por invalidez é para situações de incapacidade permanente. Entender a diferença entre esses benefícios é fundamental.



2. Saiba quais são os requisitos de elegibilidade


Para obter um benefício de incapacidade, é necessário atender a certos requisitos, como ter qualidade de segurado, carência e, dependendo do benefício, cumprir períodos de carência específicos. Conhecer esses requisitos é o primeiro passo para solicitar o benefício.

3. Tenha laudos de atendimento médico e documentação correta


Um diagnóstico médico é essencial para comprovar a incapacidade, consulte um médico assim que possível e mantenha todos os registros médicos, laudos e exames atualizados. Também, apresentar a documentação completa e precisa é determinante para o sucesso do seu processo.

4. Respeite o tempo de carência


A carência é o período mínimo de contribuições ao INSS necessário para se qualificar para os benefícios. Certifique-se de ter contribuído o suficiente para atender aos requisitos de carência para o benefício desejado.

5. Observe os prazos para solicitação


É importante não adiar a solicitação de benefícios do INSS, caso contrário, você pode perder parte dos valores a que tem direito. Inicie o processo de solicitação assim que receber o diagnóstico de incapacidade.

6. Busque apoio profissional


Consultar uma advogada especializada em direito previdenciário pode ser valioso. Um bom profissional pode ajudar você a navegar pelo sistema, garantindo que todos os documentos sejam preenchidos corretamente e que você receba os benefícios apropriados.

7. Mantenha um acompanhamento médico contínuo


Ter um acompanhamento médico contínuo é fundamental, pois, o INSS pode solicitar perícias médicas periódicas para avaliar a evolução da sua condição. Certificar-se de que seu médico documente todas as mudanças na sua saúde é importante.

8. Agende a perícia médica


Após a solicitação do benefício, é necessário agendar uma perícia médica no INSS. Esse é um passo importante, pois o resultado da perícia afetará a aprovação ou negação do benefício. Prepare-se bem para a perícia, levando toda a documentação médica relevante.

9. Você tem direito a pedir recursos e revisões do seu processo


Caso seu pedido de benefício seja negado, você tem o direito de recorrer da decisão. Conheça os procedimentos para recursos e revisões e esteja disposto a continuar lutando pelos seus direitos.

Os benefícios de incapacidade do INSS são uma rede de segurança vital para os trabalhadores que enfrentam incapacidades temporárias ou permanentes. A informação e a preparação desempenham um papel fundamental no processo, assegurando que você receba o suporte necessário quando mais precisa.

Ao seguir essas nove dicas poderosas, você estará melhor preparado para entender, solicitar e garantir os benefícios de incapacidade a que tem direito.

Siga-me nas redes sociais.

Dra. Elisângela Coelho foi trabalhadora rural, doméstica, vendedora e hoje atua como advogada especialista em direito previdenciário.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Elisangela Coelho

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

a-diferenca-entre-ensino-e-doutrinacao:-como-os-cristaos-estao-educando-seus-filhos?

Pleno News

A diferença entre ensino e doutrinação: Como os cristãos estão educando seus filhos?

Marisa Lobo - 06/12/2023 09h11 A educação familiar é um dos temas mais recorrentes nas minhas ministrações e seminários pelo Brasil, sendo de grande interesse por parte dos cristãos. Entretanto, vejo que muitos têm confundido ensino com doutrinação. Por isso, quero trazer algumas pontuações a esse respeito no artigo de hoje. Primeiramente, precisamos entender que os conceitos etimológicos das palavras ensino e doutrinação são semelhantes, tendo ambos a transmissão de […]

today6 de dezembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%