Pleno News

A ministra da igualdade defende a desigualdade

today7 de maio de 2024 6

Fundo
share close

Anielle Franco pediu que famílias ciganas, quilombolas e de terreiros sejam priorizadas nas ações emergenciais realizadas no Rio Grande do Sul

Renato Vargens – 07/05/2024 18h01

Ministra da Igualdade Racial Anielle Franco Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Li no Pleno.News que a ministra Anielle Franco, do Ministério da Igualdade Racial, pediu ao Ministério do Desenvolvimento Social que as famílias ciganas, quilombolas e de terreiros sejam priorizadas na distribuição de alimentos nas ações emergenciais realizadas no Rio Grande do Sul.

Inacreditável! A ministra da igualdade defende a desigualdade. A ministra que gritou que todas as vidas importam, demonstra com sua política vergonhosa que, na verdade, as vidas não importam tanto assim. Pois é, coerência que é bom, nada.

Sinceramente? Uma ministra de Estado defender isso é uma aberracão. Ora, numa tragédia não existe branco ou preto; pobre ou rico; homem ou mulher; evangélico, católico ou espírita. O Estado deveria socorrer a todos e não privilegiar uns em detrimento a outros. Difícil, sabe?



Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 32 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É membro dos conselhos do TGC Brasil e IBDR.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 RS: Ministério de Anielle quer priorizar ciganos e quilombolas

2 15 formas de ajudar os moradores do Rio Grande do Sul

3 RS: Água invade tribunal da Lava Jato e leva processos ao apagão

4 RS: Jovem acha pai após pensar que ele tinha morrido nas chuvas

5 Idoso em casa inundada retribui ajuda com cacho de bananas

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Renato Vargens

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

santista-que-vive-no-rio-grande-do-sul-diz-que-o-cenario-e-de-dor,-desespero-e-impotencia;-saiba-como-ajudar

G1 Santos

Santista que vive no Rio Grande do Sul diz que o cenário é de dor, desespero e impotência; saiba como ajudar

Érika mora em Bagé (RS) com a família. Ela contou à equipe de reportagem que a cidade não registrou enchentes, mas há preocupação devido a um alerta para chuva de granizo. Ela viu o filho partir para Pelotas no último domingo (5) e, desde então, os dois trocaram poucas palavras. “O cenário do pessoal daqui é dor. É dor, é desespero, é impotência de não saber o que fazer para […]

today7 de maio de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%