Pleno News

A reação de Israel acontecerá na mesma proporção que os ataques do Hamas

today10 de outubro de 2023 5

Fundo
share close

Marco Feliciano – 10/10/2023 11h53

Destruição em Gaza Foto: EFE/EPA/HAITHAM IMAD

O povo judeu é, indiscutivelmente, o povo escolhido pelo próprio Deus. A Bíblia Sagrada é magnânima em promessas para Israel e seu povo; tanto que é difícil enumerar quantas vezes o Eterno cita seu povo nas Sagradas Escrituras.

Esse povo atravessou milênios e manteve sua cultura, sua fé, sua língua e suplantou diversos inimigos e culturas. Onde Israel está hoje, já passaram egípcios, sumérios, gregos, romanos, babilônicos; muitos caíram, mas esse povo continua firme, como nação soberana, mesmo após diversos cativeiros e uma diáspora de 2 mil anos.

No entanto, desde que foi recriado o Estado de Israel, em 1948, – numa Assembleia Geral da ONU, presidida pelo brasileiro Oswaldo Aranha – que o povo judeu tenta levar a vida em paz, respeitando a Resolução 242 da ONU que determinou a partilha do território entre judeus e palestinos. No entanto, o que ocorreu foi que os palestinos, apoiados pela comunidade árabe, se recusaram a entregar a histórica cidade de Jerusalém – que é confirmada pela Bíblia Sagrada como lar do povo judeu – e desde então, há um conflito que perdura até hoje.

Os fatos confirmam que, desde 1948, o Estado de Israel nunca iniciou agressões contra os palestinos; até porque, ninguém conseguiria esconder uma agressão, por menor que fossem as consequências. No entanto, o que a História registra são ataques terroristas e guerras perpetradas contra Israel. Cito a guerra dos seis dias, quando vários países atacaram em conjunto o Estado de Israel. Mas, milagrosamente, este venceu e conquistou Jerusalém em sua totalidade; em cumprimento a mais uma promessa para esse povo resiliente.



Mas agora, neste último sábado (7), quando em final de festividades religiosas, Israel sofreu o mais covarde ataque de todos os tempos por terroristas do Hamas. Uma facção extremista que controla a região da Palestina. O ataque covarde se deu com invasões por terra, céu e mar, e resultou em assassinato de mulheres, crianças e idosos que foram tirados de suas casas e executados friamente. Ainda, dezenas de cidadãos israelenses foram levados para Gaza, no território palestino, sequestrados para serem usados como escudo humano. Uma barbárie sem precedentes.

O governo de Israel, na figura do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, imediatamente declarou guerra ao grupo terrorista Hamas. Iniciando assim, um contra-ataque apoiado pela maioria da comunidade internacional.

Por aqui, em nosso país, por parte dos esquerdopatas, o que se viu foi um festival de besteiras que assolou o país… o presidente Lula foi de uma sutileza… sem conseguir esconder sua preferência por um dos lados, o do agressor, é claro. Sendo assim, não citou o grupo terrorista Hamas, e enfeitou um discurso raso e óbvio defendendo um Estado palestino economicamente viável. Mas este não se concretiza por resistência dos próprios terroristas que oprimem a maioria do povo que quer a paz.

Assistimos também a outras pérolas, como um comentarista da Globolixo que se disse admirado pelo planejamento e pelo “sucesso” dos ataques terroristas. Defino, como um asno chucro, esse infeliz.

Ainda, uma deputada comunista falou em décadas de ocupação e o não reconhecimento do Estado palestino por Israel, sem citar o ataque cruel do Hamas contra civis israelenses. Ela foi de uma parcialidade criminosa, não demonstrando nenhuma sensibilidade com as vítimas massacradas, apesar de ser médica. Já a presidente do Partido dos Trabalhadores só salientou a desocupação dos territórios palestinos; sem sequer se referir aos covardes ataques a civis e as execuções de famílias inteiras retiradas da cama para serem covardemente mortas.

Depois, o Estadão publicou a manchete: “Guerra iniciada por Israel”, omitindo que a guerra foi declarada após os ataques contra o território de Israel e as mortes de centenas de civis. Tardiamente, o jornal retirou esse absurdo do ar, mas o estrago já estava feito.

Na verdade, a reação do governo de Israel será no mesmo diapasão dos ataques do Hamas. Ou seja, não haverá buraco na Terra capaz de esconder esses loucos, bestas-feras do Hamas das garras da justiça.

Finalizo pedindo a Deus que continue a proteger as pessoas inocentes e de bem de ambos os lados, e continue concedendo graça a seu povo escolhido.

Marco Feliciano é pastor e está em seu quarto mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Caravanas de cristãos, em Israel, voltarão em aviões da FAB

2 Brasileiro desaparecido em Israel após ataque é achado morto

3 Entenda o que pode ter motivado o Hamas a atacar Israel

4 Historiador explica conflito entre palestinos e Israel; assista

5 Entenda porque o Hamas atacou Israel

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Marco Feliciano

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

turistas-ficam-ilhados-e-sao-resgatados-apos-24h-em-area-de-mata-proibida-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Turistas ficam ilhados e são resgatados após 24h em área de mata proibida no litoral de SP; VÍDEO

O g1 obteve imagens do procedimento de salvamento do Corpo de Bombeiros, nesta terça-feira (10) (veja acima). No vídeo, é possível observar que os bombeiros usaram um bote salva-vidas e cordas para atravessar o rio, que teve aumento do fluxo de água por causa do mau tempo. Turistas ficam ilhados e são resgatados após 24h dentro de mata do litoral de SP — Foto: Polícia Ambiental Segundo informações do Corpo […]

today10 de outubro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%