G1 Mundo

Acusação contra Trump ajuda nas primárias do Partido Republicano, mas atrapalha nas eleições, dizem analistas

today13 de junho de 2023 9

Fundo
share close

É o segundo processo criminal que ele enfrenta, e, no começo do ano que vem, haverá eleições à presidência dos EUA. Trump já afirmou que é candidato, e no começo do ano há as primárias do Partido Republicano.

De acordo com dirigentes do Partido Republicano, esses processos na Justiça têm tido um efeito positivo na campanha pela nomeação do partido, mas atrapalham Trump em sua segunda disputa com Joe Biden pela presidência dos EUA, que pode ocorrer em 2024,

Os dois casos criminais que Trump responde são os seguintes:



  • O primeiro processo criminal foi na Justiça do estado de Nova York, por ter comprado o sigilo de uma atriz pornô em 2016.
  • Recentemente, Trump foi acusado em um outro processo, esse por ter levado para casa documentos sigilosos e se recusado a devolvê-los. Nesse segundo caso, ele pode ser condenado a até 20 anos de prisão.

Em abril, quando Trump se tornou o primeiro ex-presidente na história dos EUA a ser acusado de crimes, as doações para a campanha dele tiveram um enorme aumento.

Até mesmo rivais políticos o apoiaram, e ele continuou a liderar a corrida nas primárias do Partido Republicano.

Trump é investigado por manter documentos secretos em casa. — Foto: TV Globo/Reprodução

Neil Newhouse, que faz pesquisas de opinião para o Partido Republicano, afirmou à agência de notícias AP que a acusação formal não vai mudar de forma significativa a situação de Trump no Partido Republicano nem sua vantagem nas primárias republicanas de 2024.

“Em qualquer outra década, essas acusações seriam mais do que suficientes para destruir uma candidatura, mas não é mais o caso – especialmente para Donald Trump”, disse Newhouse. Ele afirma que Trump vem estabelecendo expectativas de que seria acusado há meses, então isso não é uma surpresa para ninguém.

Uma parte dos eleitores republicanos entende que os problemas de Trump na Justiça são, na verdade, parte da luta política.

Gunner Ramer é diretor político do grupo Republican Accountability (Responsabilidade Republicana, em tradução livre). Ele e os colegas são do mesmo partido de Trump, mas adversários do ex-presidente.

Ele afirma que a quantidade de dinheiro sendo levantado para doações para as campanhas dos pré-candidatos a essa altura é “insana”.

O problema para os republicanos adversários de Trump é que se um dos outros candidatos receber muito dinheiro, os eleitores do partido vão identificar essa pessoa como representante do establishment político e ser rejeitado. “Republicanos tendem a desdenhar do establishment”, diz Ramer.

Ele afirma que depois da invasão do prédio do Congresso dos EUA, em 6 de janeiro de 2021, a imagem de Trump ficou associada ao caos.

Mas mais recentemente, ele afirma, houve um ressurgimento em torno de Trump. O ex-presidente teria se beneficiado de um discurso de vitimismo que atraiu os eleitores.

“Com os processos judiciais, vimos novamente um ressurgimento em torno de Trump, como se ele fosse uma vítima”, afirma Ramer.

Ramer diz que a melhor chance dos adversários de Trump nas primárias é tentar colar no ex-presidente a imagem de um perdedor nas eleições gerais, em que candidato republicano terá que enfrentar Joe Biden.

“Muitos eleitores que votariam em qualquer um dos dois partidos estão frustrados com Joe Biden, especialmente devido aos preços da gasolina e à inflação, mas quando perguntados, os eleitores de alguns estados acham que os republicanos são muito extremos”, afirma ele.

Os analistas da política dos EUA entendem que as acusações na Justiça têm esse efeito: talvez até ajudem Trump para vencer a nomeação no Partido Republicano, mas potencialmente atrapalha o ex-presidente nas eleições.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

crise-no-sudao:-‘vi-cachorros-comendo-corpos-de-mortos-na-rua’

G1 Mundo

Crise no Sudão: ‘Vi cachorros comendo corpos de mortos na rua’

*Os nomes foram alterados para proteger identidades Omar* diz que intensos combates na capital do Sudão, Cartum, o forçaram a enterrar pelo menos 20 pessoas sob o chão de suas casas ou a poucos metros de suas portas. Ele diz que não é incomum abrir a porta da frente e ver um cachorro mastigando os restos de um corpo humano. "Já enterrei três pessoas dentro de suas próprias casas e […]

today13 de junho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%