G1 Santos

Acusado de participar de emboscada para matar PM durante Operação Escudo é preso no litoral de SP

today11 de janeiro de 2024 6

Fundo
share close

A Polícia Militar prendeu um homem, de 25 anos, acusado e procurado da Justiça por tentativa de homicídio contra a cabo Najara Gomes, durante a Operação Escudo, em Santos, no litoral de São Paulo. Segundo apurado pelo g1, nesta quinta-feira (11), a prisão de Rogério Fernando Almeida de Oliveira ocorreu em um galpão usado como galinheiro no bairro Vila dos Criadores.

Após denúncia anônima, uma equipe do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP) entrou em vielas da comunidade à procura do homem. Na Rua F, os policiais encontraram um imóvel com as mesmas características repassadas.

Rogério, a princípio, se passou por um primo dele, mas depois confirmou ser o procurado. Ele confessou que vinha se escondendo no galpão. O homem contou também que escondeu o celular em um saco. Ainda no local, a polícia encontrou o aparelho, que era produto de furto.



Rogério foi preso e levado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos. Em consulta ao sistema, foi confirmado que o documento de RG apresentado por ele era falso e que havia um mandado de prisão expedido contra ele.

Um boletim de ocorrência foi elaborado. Um PM que também havia sido vítima da tentativa de homicídio o reconheceu formalmente, e ele foi conduzido à cadeia da CPJ.

A cabo Najara Gomes foi atingida com um tiro nas costas em frente a uma padaria no bairro Campo Grande, no dia 1 de agosto. A viatura dela estava estacionada na esquina do local do crime, entre as ruas Evaristo da Veiga e Visconde de Cayru.

Após troca de tiros entre o parceiro e os criminosos, ela foi socorrida e levada à Santa Casa de Santos. O crime foi flagrado por câmeras de monitoramento (veja abaixo).

PM é atingida por tiro nas costas após ser atacada por bandidos no litoral de SP

PM é atingida por tiro nas costas após ser atacada por bandidos no litoral de SP

A Operação Escudo, de combate ao tráfico de drogas e ao crime organizado, começou em agosto de 2023 após o soldado da Rota Patrick Bastos Reis ser assassinado. Na ocasião, ele fazia um patrulhamento pela Vila Júlia, em Guarujá.

Na ocasião do atentado contra a soldado, o cabo que a acompanhava trocou tiros com os criminosos. Depois disso, a Polícia Militar iniciou uma operação no Morro São Bento para tentar encontrar os responsáveis por atirar na policial. Um dos suspeitos, Ronald dos Santos, de 22 anos, foi detido.

O g1 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) para mais detalhes sobre a prisão, mas ainda não obteve retorno.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

defesa-civil-emite-alerta-para-fortes-chuvas-na-baixada-santista-e-vale-do-ribeira

G1 Santos

Defesa Civil emite alerta para fortes chuvas na Baixada Santista e Vale do Ribeira

A Defesa Civil do Estado de São Paulo emitiu um alerta para fortes chuvas na Baixada Santista, no litoral de SP, e para a região do Vale do Ribeira, no interior paulista, a partir desta quinta-feira (11). A previsão aponta ainda que a passagem de uma frente fria poderá criar condições para temporais, seguidos por raios e rajadas de vento. De acordo com órgão estadual, a expectativa é que os […]

today11 de janeiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%