G1 Santos

Adolescente relata ter sido estuprada e ameaçada com faca ao aceitar carona no litoral de SP

today19 de maio de 2024 9

Fundo
share close

Uma adolescente de 16 anos relatou ter sido estuprada e ameaçada com uma faca após aceitar uma carona de um conhecido, de 36, em Santos, no litoral de São Paulo. Segundo apurado pelo g1, a menina denunciou o homem dias depois do crime. Ele foi levado à delegacia e foi liberado por não ter sido pego em flagrante. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com o boletim de ocorrência, obtido pela equipe de reportagem, a mãe da jovem contou aos policiais que a filha foi abordada pelo homem ao sair do trabalho no bairro Areia Branca. Ele ofereceu uma carona para levá-la em casa e, como era conhecido da família, ela aceitou.

Durante o trajeto, o suspeito desviou do caminho e mandou a menina ficar quieta, enquanto a ameaçava com uma faca. Segundo a adolescente, o homem parou em um estacionamento de caminhões e a estuprou dentro do carro. Em seguida, ela foi deixada a poucos metros de casa.



A mãe da jovem explicou aos policiais que a filha estava com medo e demorou aproximadamente 15 dias para contar que tinha sido abusada sexualmente. Assim que soube, na quinta-feira (16), a mulher levou a menina na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Noroeste.

Ainda conforme relatado no boletim de ocorrência, a adolescente recebeu atendimento médico e uma funcionária da UPA acionou a Polícia Militar (PM) para ocorrência. Um exame sexológico, que constata se houve ato sexual através de marcas que comprovem a violência, foi solicitado ao Instituto Médico Legal (IML).

Horas depois do acionamento na UPA, a mãe da menina recebeu um telefonema de um conhecido informando que o suspeito estava no Conselho Tutelar de São Vicente (SP).

Em nota, a PM informou à equipe de reportagem que tinham 10 pessoas tentando invadir o local para agredir o homem. O Conselho Tutelar afirmou que houve discussões e acusações na sede do órgão. Mas, não há informações sobre o que o suspeito fazia no local.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem estava com o comportamento agitado e precisou ser algemado. Ele foi levado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Santos, prestou depoimento e foi liberado por não ter sido detido em flagrante.

Conforme apurado pelo g1, um inquérito policial foi instaurado para investigar o caso. Os envolvidos foram intimados e a DDM aguarda o resultado do exame do IML.

Infância despedaçada: como proteger crianças e adolescentes do abuso sexual

Infância despedaçada: como proteger crianças e adolescentes do abuso sexual

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

jaguatirica-morre-atropelada-em-rodovia-no-litoral-de-sao-paulo

G1 Santos

Jaguatirica morre atropelada em rodovia no litoral de São Paulo

Animal foi encontrado morto neste sábado (18), na Rodovia Rio-Santos, na altura de Bertioga (SP). Jaguatirica foi encontrada morta na Rodovia Rio-Santos, na altura de Bertioga (SP) — Foto: Divulgação/Departamento de Operações Ambientais (DOA) Uma jaguatirica (Leopardus pardalis) fêmea morreu após ser atropelada, neste sábado (18), na Rodovia Rio-Santos, na altura de Bertioga, no litoral de São Paulo. Segundo a prefeitura, o corpo foi encontrado por um morador que passava […]

today18 de maio de 2024 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%