G1 Santos

Advogado condenado por homicídio é preso ao tentar fugir do país em navio de cruzeiros

today19 de março de 2024 5

Fundo
share close

Um advogado foi preso no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, enquanto tentava fugir do país em um navio de cruzeiros que tinha como destino a Europa. Conforme apurado pelo g1, nesta quarta-feira (19), ele foi condenado por matar um homem a tiros durante um churrasco.

O crime aconteceu em 2020, em Jandaia do Sul, no Paraná. De acordo com a Polícia Civil, a vítima identificada como Mauro Lucas da Costa se envolveu em uma briga entre o advogado e a namorada. Em seguida, o acusado deixou o local e, meia hora depois, retornou armado. Ele acertou três tiros em Mauro, que foi socorrido mas morreu ao dar entrada no hospital.

O acusado confessou ser autor dos disparos e disse ter agido em legítima defesa. Em março de 2023, ele foi condenado a 18 anos por homicídio e porte ilegal de arma, além de ter sido multado por crime de vias de fato.



Desde então, o homem, que tem dupla nacionalidade, era considerado foragido da Justiça. Em nota, a Polícia Federal (PF) informou à equipe de reportagem que ele foi identificado por agentes no momento em que passava pelo check-in do terminal de cruzeiros do Porto de Santos no domingo (17).

O foragido carregava um passaporte espanhol e se passava por passageiro da embarcação. Ainda segundo a PF, com o objetivo de fugir das autoridades brasileiras, o homem tinha como destino a cidade de Málaga, na Espanha.

O advogado foi preso e passou por uma audiência de custódia nesta segunda-feira (18). De acordo com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), por se tratar de cumprimento de mandado de prisão, ele seguiu preso após a análise das circunstâncias da detenção.

O g1 tentou contato com a defesa do acusado, mas não a localizou até a última atualização desta reportagem.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cadela-vitima-de-maus-tratos-e-resgatada-com-corte-profundo-e-larvas-no-pescoco-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Cadela vítima de maus-tratos é resgatada com corte profundo e larvas no pescoço no litoral de SP

Uma cadela foi resgatada da rua em São Vicente, no litoral de São Paulo, com um corte profundo em todo o pescoço. Conforme apurado pelo g1, nesta terça-feira (19), a suspeita é que o animal tenha sido vítima de maus-tratos. A cadela foi achada pela protetora de animais Sueli Angela dos Santos, de 46 anos, no bairro Quarentenário, após uma denúncia por telefone. A mulher contou com a ajuda de […]

today19 de março de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%