G1 Santos

Advogado da família de policial civil morto em SP nega troca de tiros com PMs: ‘a não ser que ele tenha ficado louco’

today25 de maio de 2022 96

Fundo
share close

Eduardo Brazzolin morreu no último dia 28 de fevereiro, em frente à Delegacia de Polícia Sede de Guarujá, no litoral de SP.



Advogados de PMs e policial civil se posicionam sobre morte em SP

Advogados de PMs e policial civil se posicionam sobre morte em SP

O advogado da família de Eduardo Brazzolin, policial civil que morreu na frente da Delegacia de Polícia Sede de Guarujá, no litoral de São Paulo, afirma que não consegue acreditar em uma suposta troca de tiros com policiais militares no local, versão da defesa dos agentes.

“Não é crível que um policial civil troque tiros com policiais militares na porta de uma delegacia. Não dá para acreditar, a não ser que ele tenha ficado louco e atirado a esmo. Se fosse isso, para mim, era muito mais fácil. Mas não foi o que aconteceu. A quantidade de documentos com que eu me deparei, no mínimo, me permite ter duvida sobre essa história”, disse Renato Cardoso, em entrevista à TV Tribuna, emissora afiliada à Rede Globo.

Ao g1, um dos policiais militares envolvidos no caso, que prefere não se identificar, alega que o grupo de agentes tomou a atitude em legítima defesa, uma vez que Brazzolin tinha entrado na delegacia de maneira exaltada e, inclusive, disparado primeiro. Segundo o PM, um dos tiros do policial civil atingiu seu rosto de raspão, enquanto o outro acertou um colega da corporação no ombro.

Policial civil Eduardo Diogo Cardoso Brazzolin foi morto por um PM em frente a delegacia — Foto: Arquivo Pessoal

“Estou aguardando as investigações. Elas dirão se houve legítima defesa, se houve excesso nisso ou não. Não estamos aqui apurar e achar um culpado a todo custo. O que a família quer é a verdade do que aconteceu. Não só o que aconteceu naquele dia, mas o que motivou os fatos daquele dia. Temos a morte do Luan [amigo do filho de Brazzolin], em novembro de 2020, envolvendo os mesmos policiais militares”, complementa o advogado.

De acordo com o citado policial militar, tudo começou quando uma equipe abordou e conduziu um homem – conhecido de um dos filhos de Brazzolin – que havia xingado agentes em viaturas da corporação.

“Chegando lá [na delegacia], a gente encontrou o Eduardo Brazzolin e o filho dele, que estava com esse indivíduo. Ele começou a falar algumas ameaças e iniciou um entrevero. Na hora da imobilização [do policial civil], ele sacou a arma e saiu atirando”, alega o PM.

PM envolvido na morte de policial civil afirma que PM's agiram em legítima defesa

PM envolvido na morte de policial civil afirma que PM’s agiram em legítima defesa

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mp-vai-investigar-pastor-que-criticou-cerimonia-ecumenica-com-umbandistas

Gospel Prime

MP vai investigar pastor que criticou cerimônia ecumênica com umbandistas

Um pastor evangélico será investigado pelo Ministério Público por ter publicado um vídeo criticando a realização de uma cerimônia ecumênica envolvendo um pastor, um padre e  representantes da umbanda. Rodrigo Dias publicou o vídeo em que faz criticas contra a realização deste tipo de celebração, tendo como base a Bíblia, criticando principalmente a presença de representantes da umbanda, na celebração que teria acontecido devido a formatura de psicólogos. “Inacreditável! Pastor, […]

today25 de maio de 2022 41

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%