G1 Santos

Agenda ESG: Primeiro encontro debate transição energética e descarbonização

today26 de setembro de 2023

Fundo
share close

O primeiro fórum da Agenda ESG, realizada pelo Grupo Tribuna, aconteceu na última terça-feira (19). Com mediação de Gesner Oliveira, coordenador do Centro de Estudos de Infraestrutura e Soluções Ambientais e fundador da GO Associados, e Arminda Augusto, gerente de projetos e relações institucionais do Grupo Tribuna, o tema central foi “Mudanças climáticas e a transição para uma economia limpa”.

Sob o título ‘O poder de transformar pela sustentabilidade’’, profissionais da área deram suas visões sobre a responsabilidade e compromisso que têm perante ao tema.

Durante o painel “Combustíveis verdes e seu impacto na cadeia produtiva das empresas”, a gerente executiva de comunicação corporativa e sustentabilidade da Santos Brasil, Bèatrice de Toledo Dupuy, afirmou que, hoje em dia, o Brasil tem poucas pessoas que realmente entendem sobre hidrogênio verde, que é a maior fonte de combustível limpa do planeta.



“É preciso ter uma mão de obra qualificada. A Alemanha, por exemplo, já está trabalhando sobre o hidrogênio há bastante tempo, então temos que pegar nossa mão de obra brasileira e mandar fazer doutorado fora do país. Nós precisamos investir para poder ter uma nova fonte de energia no Brasil”, apontou.

Agenda ESG reuniu diversos profissionais e interessados ao assunto — Foto: Reprodução/Lead MKT

Artur Villela, fundador da Global Forest Bond, enfatizou a importância de enfrentar os desafios globais com uma abordagem abrangente. Ele destaca que, ao buscarmos resolver os problemas que afetam o mundo, é fundamental acessar os mercados e apoiá-los com sistema de capital.

Ele ressalta a necessidade de dialogar sobre o desmatamento, com o objetivo de criar uma marca do Brasil que protege as florestas, respeita as comunidades locais e segue rigorosas diretrizes de zoneamento, enfrentando, assim, os desafios da ilegalidade.

O evento também abordou a importância da educação ambiental para o público em geral. O consenso foi que questões de reciclagem e sustentabilidade devem ser ensinadas não apenas nas empresas, mas também para a sociedade em geral.

Artur Vilela e Bèatrice de Toledo Dupuy, painelistas do primeiro painel da Agenda ESG — Foto: Reprodução/Lead MKT

No segundo painel, que teve como tema o mercado de carbono, a Agenda ESG trouxe à tona a preocupação das empresas com os riscos climáticos, tanto em relação a chuvas como aumento das temperaturas.

A questão foi levantada em relação aos desafios enfrentados pelas empresas portuárias diante desses eventos extremos, que podem afetar operações e infraestrutura.

Embora não haja uma resposta definitiva, os especialistas Ana Carolina Oliveira, gerente de business development na WayCarbon, e Renato Ferreira, gerente de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Trabalho da Brasil Terminal Portuário, apontaram a importância de estudos e monitoramento das condições climáticas dentro das empresas, além de investimentos em infraestrutura, como piscinões e sistemas de drenagem, para diminuir os riscos e aumentar a resiliência.

Segundo painel do evento discutiu sobre carbono e educação ambiental — Foto: Reprodução/Lead MKT

Os encontros da Agenda ESG 2023 acontecem mensalmente até novembro, no Grupo Tribuna, situado na Rua João Pessoa, 350, Paquetá. O próximo evento, que acontece em outubro, falará sobre o eixo ‘S’ da sigla, que trata sobre questões sociais dentro das empresas.

Os mediadores Gesner Oliveira e Arminda Augusto afirmam que os eventos mensais são uma forma de educação para que o assunto alcance cada vez mais pessoas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

russia-divulga-imagem-sem-data-de-comandante-geral-que-ucrania-diz-ter-matado;-entenda-a-guerra-de-versoes

G1 Mundo

Rússia divulga imagem sem data de comandante-geral que Ucrânia diz ter matado; entenda a guerra de versões

Rússia divulga vídeo de comandante-geral que Ucrânia diz ter matado Embora sem data, as imagens, divulgadas pela agência de notícias estatal russa Ria, mostram Sokolov em uma reunião virtual com o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu. Na reportagem, a Ria não diz quando ocorreu a reunião, um encontro de Shoigu "com a cúpula da Defesa". O governo ucraniano afirmou que Sokolov está entre os mortos por um bombardeio de […]

today26 de setembro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%