G1 Mundo

Alemanha condena duas pessoas por vender ‘cura do câncer’

today17 de junho de 2023 4

Fundo
share close

Um tribunal regional da cidade de Ingolstadt, no estado alemão da Baviera, condenou nesta sexta-feira (16) duas pessoas à prisão por enganarem pessoas com câncer terminal. Os dois prometiam uma “cura milagrosa” para a doença.

O fornecedor do suposto remédio, um homem de 68 anos, recebeu uma pena de seis anos e nove meses de detenção. Uma naturopata de 57 anos que prescrevia o produto foi condenada a três anos de prisão por participação no golpe. As penas impostas, porém, ficaram abaixo das pedidas pelo promotores, que exigiam de três anos e 10 meses a oito anos de prisão para os réus.

Os dois teriam promovido o remédio BG-Mun, afirmando que ele seria capaz de curar o câncer rapidamente, sem apresentar qualquer evidência que comprovasse esse efeito.



“Cura” custava até 6 mil euros

De acordo com o juiz que proferiu a sentença, os pacientes pagam cerca de 6 mil euros (R$ 31,6 mil) pelo remédio e chegavam a largar o tratamento convencional, acreditando completamente na cura pelo medicamento milagroso.

O tribunal também ordenou que quantias de cinco dígitos em euros fossem confiscadas, a fim de retirar dos réus o lucro da venda da suposta cura milagrosa.

O caso veio a público em reportagem da TV Stern, no canal RTL. Na ocasião, um pesquisador da Universidade de Bremen descreveu as ações dos réus como “lucro” em cima do sofrimento de pacientes desesperados.

O processo durou dois anos e foi o julgamento mais longo do tribunal distrital de Ingolstadt até hoje.

O tribunal enfatizou, porém, que o caso e as sentenças não devem desacreditar o trabalho dos naturopatas de uma forma geral.

“O processo não tem nada a ver com a medicina naturopática como tal”, disse o juiz.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

voce-viu-no-g1?-febre-maculosa,-carros-com-desconto,-argentino-no-cristo-e-o-que-nao-pode-na-airfryer

G1 Mundo

Você viu no g1? Febre maculosa, carros com desconto, argentino no Cristo e o que não pode na airfryer

A febre maculosa causou a morte de quatro pessoas que, em comum, estiveram em uma mesma festa, que reuniu 3,5 mil pessoas em uma fazenda em Campinas, interior de São Paulo. A doença é transmitida principalmente pelo carrapato-estrela através da capivara. Mas especialistas alertam que qualquer espécie pode transmitir a febre maculosa, inclusive o carrapato do cachorro, se ele estiver em área endêmica. Febre maculosa: entenda o que é e […]

today17 de junho de 2023 29

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%