G1 Mundo

Alemanha indicia cinco suspeitos de planejar golpe de Estado

today23 de janeiro de 2023 18

Fundo
share close

Segundo os promotores, o grupo formado há cerca de um ano pretendia desencadear “condições de guerra civil na Alemanha por meio da violência” a fim de derrubar o governo e a democracia parlamentar.

Todos os cinco indiciados estão presos desde o ano passado, quando as autoridades revelaram pela primeira vez os detalhes da suposta conspiração.

Em nota, a Procuradoria federal, com sede na cidade de Karlsruhe, informou que o grupo estava disposto a usar violência e até cometer assassinatos para alcançar seus objetivos.



Nesta segunda-feira, o ministro da Saúde agradeceu aos investigadores e ao Departamento Federal de Investigações (BKA, na sigla em alemão) por sustar a trama. “Os oficiais do BKA arriscam suas vidas por nós. Isso é uma grande conquista”, escreveu Lauterbach no Twitter.

Na Alemanha, uma grande operação prendeu integrantes de um grupo de extrema direita que articulava um golpe de Estado

Na Alemanha, uma grande operação prendeu integrantes de um grupo de extrema direita que articulava um golpe de Estado

Em um plano de três etapas, os conspiradores pretendiam atacar as fontes de energia a fim de causar um blecaute nacional, sequestrar o ministro da Saúde e matar seus seguranças, se necessário, e depois convocar uma assembleia para depor o governo e nomear um novo líder.

A Procuradoria concluiu que o grupo tinha o objetivo de substituir o sistema democrático por um “sistema autoritário de governo baseado no modelo do Império Alemão”.

Segundo os promotores, os suspeitos fizeram preparativos cada vez mais concretos e formaram dois ramos separados de seu grupo, um militar e outro administrativo.

O que mais se sabe sobre os indiciamentos?

Segundo a Procuradoria federal, os cinco indiciados – quatro homens e uma mulher – responderão ao tribunal regional superior em Koblenz, no estado da Renânia-Palatinado.

Eles foram acusados formalmente de “fundar ou ser membro de uma organização terrorista doméstica” e “preparar um ato de alta traição” contra o governo federal.

Alguns dos indiciados também enfrentam outras acusações, como preparar um ato grave de violência que constitua uma ameaça ao Estado ou financiar o terrorismo.

Quatro deles foram presos em abril de 2022. Uma mulher, identificada como líder do grupo, foi presa em outubro. Dezenas de outras pessoas suspeitas de ligação com o grupo estão sendo investigadas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

porco-reage,-e-acougueiro-morre-ao-tentar-abater-animal-em-hong-kong

G1 Mundo

Porco reage, e açougueiro morre ao tentar abater animal em Hong Kong

Homem manuseava um cutelo quando ficou ferido. Porco já havia levado choque elétrico pouco antes. Imagem ilustrativa de arquivo mostra porcos se alimentando — Foto: Reproduçaõ/RBS TV Um açougueiro morreu nesta sexta-feira (19), depois de se machucar com o cutelo que manuseava para abater um porco. Entenda a seguir o que aconteceu: O caso, relatado pela TV Rthk, aconteceu em Hong Kong. Um cutelo é uma ferramenta usada para abate […]

today23 de janeiro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%