G1 Mundo

Alexei Navalny é enterrado em Moscou; milhares de apoiadores acompanharam cortejo

today1 de março de 2024 9

Fundo
share close

Uma multidão se reuniu diante de uma igreja ao sudeste de Moscou e nos arredores do cemitério onde o corpo de Navalny foi sepultado. Várias pessoas estavam com flores, e muitas choravam. Durante vários momentos, simpatizantes gritavam “Navalny! Navalny!”.

As cerimônias foram restritas a familiares e amigos.

Apoiadores de Alexei Navalny se reúnem em frente a igreja em Moscou antes de velório de opositor — Foto: Reuters



Forças de segurança instalaram barreiras na região e, segundo a rede americana CNN, agentes foram posicionados em telhados nos arredores.

“Estamos todos juntos aqui. Ninguém tem medo”, disse um homem, que não revelou seu nome, a um repórter do jornal independente Novaya Gazeta. “Estou aqui para apoiar sua família e mostrar que eles não estão sozinhos.”

Segurando flores vermelhas, outro homem, que afirmou ter 73 anos, disse que sentiu a morte de Navalny como uma perda pessoal e que o admirava por sua falta de medo e por falar francamente.

Outra mulher que estava na fila disse que Navalny era seu herói, enquanto um jovem próximo saudou o falecido político da oposição como “um símbolo de resistência” e disse que estava lá para mostrar que nem todos na Rússia apoiam as autoridades.

Segundo o Kremlin, qualquer algomeração não autorizada em apoio a Navalny, que era o principal adversário do regime de Vladimir Putin, constituiria violação da lei.

“Apenas um lembrete de que temos uma lei que deve ser seguida. Quaisquer reuniões não autorizadas estarão violando a lei, e aqueles que participarem delas serão responsabilizados – novamente, de acordo com a lei atual”, afirmou o porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov.

Caixão com corpo de opositor russo Alxei Navalny é levado para igreja antes de funeral — Foto: Alexander Nemenov/AFP

Quem foi Alexei Navalny, principal opositor de Putin que morreu na prisão

Quem foi Alexei Navalny, principal opositor de Putin que morreu na prisão

Ele havia sido detido por forças russas em janeiro de 2021 após retornar da Alemanha, onde foi tratado por uma suspeita de envenenamento. Navalny foi sentenciado à prisão até completar 74 anos por acusações que, segundo ele, foram forjadas para mantê-lo afastado da política.

Em dezembro do ano passado, Navalny passou mais de 20 dias desaparecido. Ele havia sido transferido para uma colônia penal no Ártico.

O ex-advogado ganhou fama há mais de uma década ao satirizar a elite do presidente Vladimir Putin e fazer acusações de corrupção. Na década de 2010, por exemplo, liderou um movimento contra Putin que levou milhares de pessoas às ruas do país.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

prefeito-japones-renuncia-apos-99-acusacoes-de-assedio-sexual

G1 Mundo

Prefeito japonês renuncia após 99 acusações de assédio sexual

O prefeito foi acusado de tocar nos seios e nádegas de trabalhadoras ou dar tapinhas em suas cabeças, um gesto que ele tentou justificar como "gratidão". Hideo Kojima, prefeito da cidade de Ginan, no Japão, chora em conversa com jornalistas — Foto: STR / JIJI PRESS / AFP O prefeito de uma pequena cidade do centro do Japão apresentou na quinta-feira (29) sua renúncia devido a uma investigação independente que […]

today1 de março de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%