G1 Santos

Após 60 anos, professora e ex-aluna voltam a escola onde se conheceram em encontro emocionante no litoral de SP; VÍDEO

today15 de outubro de 2022 50

Fundo
share close

Aposentada Cleide Augusto, de 66 anos, contou ao g1 que teve a professora como inspiração para seguir na área da Educação. Maria de Lourdes São Marcos, de 92 anos, foi a primeira professora dela no Ensino Fundamental.



Após 60 anos, professora e ex-aluna voltam a escola onde se conheceram para reencontro

Após 60 anos, professora e ex-aluna voltam a escola onde se conheceram para reencontro

Aos 66 anos, a aposentada Cleide Augusto reencontrou a sua primeira professora Maria de Lourdes São Marcos, de 92 anos. As duas voltaram à escola Mário de Almeida Alcântara onde se conheceram há 60 anos em Santos, no litoral de São Paulo. Cheio de emoção, o encontro foi realizado em homenagem ao Dia dos Professores, comemorado neste 15 de outubro.

A celebração ocorreu na Escola Municipal Mário de Almeida Alcântara, no bairro do Valongo, nesta sexta-feira (14). Cleide separou todos os itens que a própria mãe guardou para levar à professora: a medalha de melhor aluna, o uniforme da época, o primeiro caderno e fotos da formatura. Ela quis relembrar os tempos antigos em que corria pelos corredores da unidade de ensino.

Após 60 anos, professora e ex-aluna voltam a escola de Santos, SP, para reencontro com homenagens e recordações — Foto: Nina Barbosa/ g1

A professora e a aluna se conheceram quando Cleide entrou para o 1º ano do Ensino Fundamental, em 1962. Maria de Lourdes foi a primeira professora dela na escola e, segundo Cleide, foi uma das responsáveis por inspirar o desejo dela de trabalhar com a área da Educação. “Ela tinha um livro de chamada e eu sempre olhava e ficava curiosa. Um dia eu peguei o meu livro de receitas e fiz o meu próprio livro de chamadas”, lembra.

A partir daí, ela passou a se interessar cada vez mais pelo magistério, até que decidiu seguir carreira como professora. Cleide explica que sempre se inspirou no amor que Maria de Lourdes passava ao dar aulas. “Ela sempre acreditou nas crianças, incentivava e sempre buscava ver tudo de melhor que elas tinham”.

Maria de Lourdes foi professora por mais de 40 anos e conta que Cleide foi uma das alunas que mais se sobressaiu devido à inteligência dela. “Falamos sobre a Educação, sobre o ensino e o cuidado com as crianças”, explica a ex-professora. Após tantos anos trabalhando, ela conta que ficou feliz com a homenagem. “Sinceramente, não esperava por isso”, disse Maria.

Maria de Lourdes voltou para escola onde deu aula por décadas e reencontrou aluna — Foto: Prefeitura de Santos/Divulgação

Apesar de ser o primeiro reencontro entre as paredes da escola Mário de Almeida Alcântara, as duas mantiveram contato desde 1993. Na época, Cleide passava pela porta de uma agência bancária em Santos, quando acabou “esbarrando” com Maria de Lourdes.

Desde então, a ex-aluna mantém contato com a antiga professora. “Ela vem em casa, eu vou na casa dela. Todo ano vamos no aniversário uma da outra. Não nos largamos mais”, afirma.

Na época, Cleide já era professora no Ensino Fundamental e seguiu dando aulas durante cerca de 35 anos até se aposentar. A ex-aluna afirma que, da mesma forma que Maria de Lourdes, ela procurou fazer a diferença na formação de diversos alunos. “Se você faz o que gosta e acreditar, sempre vai dar certo”.

Cleide Augusto voltou para escola onde estudou e reencontrou professora — Foto: Prefeitura de Santos/Divulgação

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

charles-do-bronx-lamenta-morte-de-amigo-campeao-mundial-de-jiu-jitsu:-‘chorei-muito’

G1 Santos

Charles do Bronx lamenta morte de amigo campeão mundial de jiu-jitsu: ‘chorei muito’

O lutador de MMA Charles do Bronx lamentou a morte de Thaynã Higor, tricampeão mundial pela Confederação Brasileira Paradesportiva de Jiu-Jitsu (CBPJJ). Ao g1, o lutador que está nos Emirados Árabes para o UFC 280, contou ao g1 que era amigo de Thaynã, morto a tiros na frente de um restaurante em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo Charles do Bronx, ambos se conheceram em Guarujá, também no […]

today15 de outubro de 2022 96

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%