G1 Mundo

Após ser assaltada no Catar, polícia pede para que repórter decida pena do ladrão

today22 de novembro de 2022 10

Fundo
share close

Dominique Metzger foi furtada enquanto fazia entrada ao vivo na TV da Argentina.


Dominique Metzger foi furtada enquanto fazia entrada ao vivo na TV da Argentina — Foto: Reptodução/Todo Notícias



A polícia de Doha, no Catar, pediu para que a jornalista argentina Dominique Metzger escolha a sentença do ladrão que a roubou durante uma entrada ao vivo na sexta-feira (18). A repórter da emissora “Todo Noticias” estava nas ruas da capital catari quando percebeu que sua carteira com documentos, dinheiro e cartões havia sido furtada.

Nas redes sociais, Metzger relatou o ocorrido e revelou que, ao chegar à delegacia para fazer um boletim de ocorrência, foi levada para um setor destinado apenas para mulheres. Lá, um dos policiais a questionou sobre qual ela acreditava que deveria ser a pena do ladrão.

“O que quer que a justiça faça com isto? Porque vamos encontrá-lo, há câmeras de alta definição em todos os lugares”, teriam perguntado os oficiais.

“Eu pensei ter entendido mal a tradução, mas não: ficaram me perguntando que pena eu queria para o ladrão, se eu queria que ele fosse condenado a 5 anos de prisão, se eu queria que ele fosse deportado”, relatou a jornalista.

Pressionada pelos policiais, a repórter afirmou que não tomaria tal decisão. “Eu disse a eles que só queria minha carteira de volta, não iria tomar uma decisão pelo sistema de justiça”, contou Metzger, em vídeo compartilhado no Instagram.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

eleicao-de-brasileiro-para-o-bid-gera-criticas-do-presidente-do-mexico-e-desentendimento-entre-alberto-fernandez-e-lopez-obrador

G1 Mundo

Eleição de brasileiro para o BID gera críticas do presidente do México e desentendimento entre Alberto Fernández e López Obrador

Goldfajn foi eleito com 80,1% dos votos, derrotando os candidatos do Chile, México e Trindade e Tobago. A Argentina acabou desistindo da disputa antes do início da votação (veja mais abaixo). Ilan Goldfajn: 'Não sou uma pessoa partidária, sou alguém que atua de forma técnica' López Obrador afirmou que a eleição do brasileiro foi lamentável e que "é mais do mesmo". A eleição de Goldfajn significou a derrota do candidato […]

today22 de novembro de 2022 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%