G1 Mundo

Argentina deporta mulher e filhos de traficante Fito, estopim de conflito armado e onda de violência no Equador

today19 de janeiro de 2024 3

Fundo
share close

Os familiares de Fito, líder da facção Los Choneros, cuja fuga desencadeou uma onda de violência no Equador, foram presos em um condomínio da província de Córdoba, disse a ministra da Segurança argentina, Patricia Bullrich, em entrevista coletiva.

  • Mariela Peñarieta, de 48 anos, a mulher de Fito,
  • Michelle Macías Peñarieta, de 21 anos, Ilse María Macías Peñarieta , de 12 anos e Lian Sejam Macías Peñarieta, de 4 anos, filhos de Fito.

A ministra afirmou que a esposa de Macías e seus filhos e outros membros do “clã” chegaram a um condomínio privado de Córdoba no dia 5 de janeiro, dias antes da fuga de Macías de uma prisão em Guayaquil.



Bullrich afirmou que ter conseguido deportar a família tão rapidamente é “um êxito” e que está orgulhosa pelo fato de que a Argentina seja supostamente um território hostil “para uma facção de traficantes de drogas vir e se estabelecer”.

O avião da Força Aérea com a família partiu na manhã desta sexta-feira.

O secretário de Segurança de Córdoba, Juan Pablo Quinteros, disse que o governo baixou uma “resolução migratória” que cancelou a residência temporária da família e, assim, retiveram e expulsaram as pessoas do país.

As autoridades se deram conta de que Fito não estava na prisão, mas ainda não se sabe como ele escapou. O destino dele é desconhecido. O presidente do Equador, Daniel Noboa, afirmou que é possível que Fito esteja na Colômbia

Em entrevista à rádio W da Colômbia, o presidente equatoriano, Daniel Noboa, disse que pediu a Gustavo Petro, o presidente colombiano, que expandisse a cooperação entre os dois países e “aplicasse uma busca intensa no país”.

Segundo o constitucionalista Ismael Quintana, em entrevista ao canal Teleamazonas do Equador, se os familiares de Fito não tiverem ordem de prisão preventiva, ou dívida pendente com a Justiça, devem ser libertados quando chegarem ao seu país. A polícia não informou, no entanto, se este é o caso.

Inda Peñarriera, que é enfermeira, foi investigada em 2020 por lavagem de dinheiro, fraude fiscal e enriquecimento privado injustificado desde 2014. Dois anos depois foi declarada inocente, segundo investigação do portal Primicias.

Ainda de acordo com este portal, Peñarriera, seus dois irmãos e outros dois familiares de Macías enfrentaram processos judiciais por crime organizado, associação ilícita, homicídio, posse de armas e roubo.

A crise de segurança no Equador foi desencadeada pela fuga de Fito, seguida por motins nas prisões, sequestros policiais e ataques com explosivos.

No dia 9 de janeiro, homens armados invadiram um canal de TV e transmitiram a ação ao vivo. Isso levou o presidente Noboa a declarar um conflito armado interno e a ordenar uma luta contra cerca de 20 facções.

Na quarta-feira, o promotor César Suárez, que investigava o ataque ao canal, foi morto a tiros em um bairro de Guayaquil.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

brasil-e-china-assinam-acordo-para-ampliar-para-10-anos-prazo-do-visto-entre-os-paises

G1 Mundo

Brasil e China assinam acordo para ampliar para 10 anos prazo do visto entre os países

A assinatura do acordo ocorreu durante a visita do ministro de negócios chinês, Wang Yi, ao Brasil. Em declaração à imprensa após reunião no Itamaraty, o ministro de Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou que o Brasil apoia o lema "uma só China", em referência à posição chinesa contrária ao movimento separatista de Taiwan. O chanceler Wang Yi afirmou que vê com "apreço" o apoio do Brasil. "Estamos cientes das nossas […]

today19 de janeiro de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%