G1 Mundo

Ataque da Turquia deixa 31 mortos na Síria e no Iraque

today20 de novembro de 2022 8

Fundo
share close

Aviões de guerra turco bombardearam bases de militantes curdos nos dois países vizinhos. Forças curdas prometeram retaliação. Ataque, segundo Ancara, foi resposta a atentado na semana passada em Istambul, que deixaram seis mortos.


Base de militantes curdos no norte da Síria destruída após ataques das forças aéreas da Turquia, em 20 de novembro de 2022. — Foto: North Press Agency via REUTERS



A Turquia bombardeou o norte da Síria e no norte do Iraque neste domingo (20). Os ataques, segundo a agência de notícias France Presse, deixaram 31 mortos no total.

As forças aéreas turcas, que realizaram as incursões, tinham como alvo bases de militantes curdos – com quem as forças turcas travam uma disputa territorial de décadas pelo controle da região do Curdistão.

A agência estatal turca Anadolu negou que o ataque tenha ultrapassado fronteiras, mas o Ministério da Defesa da própria Turquia reconheceu que ambos os bombardeios atingiram territórios da Síria e do Iraque.

Os ataques tiveram como alvo bases do proscrito Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e da milícia síria curda YPG, que a Turquia diz ser uma ala do PKK, acrescentou o ministério em comunicado.

As Forças Democráticas da Síria (SDF), tropas lideradas por militantes curdos, prometeram retaliação.

Os ataques foram também uma retaliação a um atentado com bomba em Istambul, na Turquia, que matou seis pessoas há uma semana. Na ocasião, a Turquia acusou militantes curdos de responsabilidade e afirmou que a ordem para a explosão da bomba foi dada em Kobani, cidade curdo-síria onde as forças turcas realizaram operações contra a milícia YPG nos últimos anos.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

hebe-de-bonafini,-historica-lider-das-maes-da-praca-de-maio,-morre-aos-93-anos-na-argentina

G1 Mundo

Hebe de Bonafini, histórica líder das Mães da Praça de Maio, morre aos 93 anos na Argentina

Ainda hoje, as Mães da Praça de Maio se reúnem todas as quintas-feiras para marchar na praça de mesmo nome, diante da Casa Rosada, a sede do governo argentino, em busca de justiça e verdade. Hebe perdeu dois de seus três filhos sequestrados pelos militares. A icônica militante vinha enfrentando problemas de saúde e foi internada duas vezes recentemente num hospital em La Plata, cidade vizinha a Buenos Aires. A […]

today20 de novembro de 2022 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%