G1 Mundo

Ataque de drone causa incêndio em refinaria de petróleo na Rússia, diz governador

today31 de maio de 2023 6

Fundo
share close

Autoridade russa afirmou que incêndio não deixou feridos. Em Belgorod, na fronteira com a Ucrânia, governo diz que cidade russa foi bombardeada.


Um incêndio atingiu uma refinaria de petróleo em Krasnodar, na Rússia, na manhã de quarta-feira (31) — noite de terça-feira (30), no Brasil. O governador da região disse que o fogo foi provocado por um ataque de drone.



O governador Veniamin Kondratyev escreveu em um aplicativo de mensagens que o incêndio não deixou feridos. O fogo foi controlado.

Já em Belgorod, que fica na região de fronteira, autoridades ligadas a Moscou afirmaram forças ucranianas bombardearam uma cidade russa pela terceira vez em uma semana. Uma pessoa ficou ferida.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que os ataques visam assustar e provocar a Rússia. “Isso é claramente um sinal de atividade terrorista”, declarou.

Um assessor presidencial do governo ucraniano negou que Kiev esteja envolvida nos ataques a Moscou desta terça.

VÍDEOS: mais assistidos do g1

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

imagens-de-protesto-de-muculmanos-contra-demolicao-de-mesquita-na-china-viralizam

G1 Mundo

Imagens de protesto de muçulmanos contra demolição de mesquita na China viralizam

A região de Yunnan, província no sudoeste da China, é conhecida por ter uma população muçulmana significativa. A polícia local emitiu um comunicado que pedia para os manifestantes encerassem se rendessem até 6 de junho. Diversos muçulmanos entraram em confronte com policiais em Yunnan, província localizada no sudoeste da China, desde o último sábado (27). A briga aconteceu porque estava marcada para acontecer a demolição da cúpula da mesquita Najiaying, […]

today31 de maio de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%