Gospel Prime

Ativista pró-vida alerta contra zonas que proíbem oração na Escócia

today16 de março de 2024 4

Fundo
share close

Isabel Vaughan-Spruce, voluntária pró-vida que foi presa na Inglaterra por orações silenciosas, alertou contra uma legislação escocesa. A lei propõe implementar zonas de buffer em clínicas de aborto em todo o país. Ela deu seu testemunho ao Comitê de Saúde, Assistência Social e Esporte do Parlamento Escocês, compartilhando sua experiência de ser presa dentro de uma zona de buffer em uma clínica de aborto em Birmingham no ano passado.

Segundo Christian Today, Isabel foi acusada de “engajar em um ato intimidador para os usuários do serviço” após dizer aos policiais que “poderia estar orando mentalmente”. Mesmo com a clínica fechada na época, foi presa e acusada. No entanto, posteriormente ela foi absolvida no Tribunal de Magistrados de Birmingham, pois a acusação não conseguiu fornecer evidências de seus pensamentos.

Nesse sentido, ela teme que “crime de pensamento” e prisões semelhantes se tornem realidade na Escócia se a legislação for aprovada. Desse modo, Isabel pede aos parlamentares que promovam a tolerância, não a censura. Isabel alega que a zona de buffer criou uma “enorme divisão” na área. Portanto, muitos locais “agora têm medo de compartilhar suas crenças com seus vizinhos”.

Proteção da Liberdade de Pensamento

Sendo assim, a ativista pró-vida recomendou fortemente que o governo escocês proteja a liberdade de pensamento e de expressão na Escócia, promovendo a tolerância em vez de censura. Alina Dulgheriu, mãe que recebeu ajuda com uma gravidez não planejada de voluntários pró-vida fora de uma clínica de aborto, também prestou depoimento ao comitê. Ela agora dirige uma rede para mulheres que receberam ajuda semelhante chamada Be Here For Me.

Assim, Dulgheriu afirmou que os voluntários pró-vida oferecem apoio “muito necessário” às mulheres vulneráveis. Ela enfatizou que implementar zonas de buffer privaria as mulheres do acesso a informações potencialmente “transformadoras de vida”.



Por fim, Lois McLatchie Miller, porta-voz da Alliance Defending Freedom UK (ADF) na Escócia, criticou o projeto de lei. Ela o descreveu como um dos “mais extensos ataques ao pensamento e à fala pró-vida que já vimos”. Miller afirmou que o Parlamento deve considerar as histórias de Alina e Isabel e cumprir seu dever de proteger a liberdade de pensamento, as ofertas de ajuda e a conversa consensual.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

travessias-de-balsas-no-litoral-de-sp-pode-ser-afetada-por-evento-esportivo-neste-sabado;-entenda

G1 Santos

Travessias de balsas no litoral de SP pode ser afetada por evento esportivo neste sábado; entenda

Interdições pontuais acontecem devido a realização da 21ª edição da Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoas Havaiana. Travessia de balsas entre Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo, — Foto: Governo de São Paulo/Divulgação As travessias de balsas entre Santos e Guarujá, Santos e Vicente de Carvalho no litoral de São Paulo, poderão sofrer interrupções neste sábado (16) no começo da tarde por conta da 21ª edição […]

today16 de março de 2024

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%