G1 Mundo

Auditoria encontra falhas na fabricação e no armazenamento de peças do Boeing 737 Max, diz FAA

today4 de março de 2024 11

Fundo
share close

Boeing 737 Max 9 da Alaska Airlines teve a porta arrancada em janeiro em Portland, nos EUA. Agência de aviação americana deu 90 dias para Boeing apresentar plano de ação. Produção desse modelo de aeronave está suspensa desde janeiro.


Peritos seguram porta de Boeing 737 Max 900 que se soltou quando avião estava no ar, em Portland, nos EUA, em 8 de janeiro de 2024. — Foto: Junta Nacional de Segurança dos Transportes dos EUA via AP



A Boeing falhou no controle do processo de fabricação, no manuseio e armazenamento de peças do Boeing 737 Max, informou nesta segunda-feira (4) a agência federal de aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês).

Segundo a FAA, a Boeing tem 90 dias para apresentar um plano de ação. Uma empresa terceirizada também está sob investigação.

“A auditoria de seis semanas da FAA na Boeing e Spirit AeroSystems, motivada pelo incidente de 5 de janeiro envolvendo uma aeronave Boeing 737-9 MAX, encontrou múltiplos exemplos onde as empresas supostamente falharam em cumprir os requisitos de controle de qualidade de fabricação. A FAA identificou problemas de não conformidade no controle do processo de fabricação da Boeing, no manuseio e armazenamento de peças e no controle de produtos”, diz trecho do comunicado divulgado nesta segunda.

O incidente aconteceu em 5 de janeiro. Logo após o 737 Max 9 da Alaska Airlines decolar de Portland, a porta — uma saída de emergência extra que não era utilizada pela aeronave— se desprendeu da aeronave. Apesar do susto, ninguém ficou ferido —não havia nenhum passageiro no assento ao lado da porta que se soltou.

'Gostaríamos de descer': piloto de avião declara emergência após porta ejetar; ÁUDIO

‘Gostaríamos de descer’: piloto de avião declara emergência após porta ejetar; ÁUDIO




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

as-imagens-falsas-criadas-com-ia-para-tentar-atrair-eleitores-negros-para-trump

G1 Mundo

As imagens falsas criadas com IA para tentar atrair eleitores negros para Trump

O programa BBC Panorama descobriu dezenas de deepfakes retratando pessoas negras como se elas estivessem apoiando Trump. O candidato do Partido Republicano de fato está abertamente se esforçando para ganhar os votos desse grupo demográfico, que foi fundamental para a vitória de Joe Biden em 2020. Mas não há nenhum indício de que a equipe oficial de campanha de Trump tenha participação na produção dessas imagens. O co-fundador do movimento […]

today4 de março de 2024 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%