G1 Santos

Autistas passam a ter direito a assentos preferenciais em ônibus municipais em Praia Grande, SP

today8 de junho de 2022 69

Fundo
share close

Selo da conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista já está disponível em alguns veículos circulares.

Selo da conscientização sobre o TEA passou a ser incluso em alguns veículos circulares de Praia Grande na última terça-feira. — Foto: Divulgação/ Prefeitura de Praia Grande



Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) passaram a ser incluídas no grupo prioritário para utilizar os assentos preferenciais do ônibus municipais de Praia Grande, no litoral de São Paulo. A prefeitura começou a adicionar o símbolo da conscientização do TEA, um laço com estampa de quebra-cabeça, nos circulares na última terça-feira (7).

A ação já está em vigor em todos os veículos das 14 linhas de ônibus da cidade e, segundo a prefeitura, segue normativas federais, estaduais e municipais. Desta forma, fica sinalizado a estas pessoas o mesmo direito já garantido a idosos, gestantes e passageiros com criança de colo, com mobilidade reduzida e deficiência.

Além disso, as pessoas com autismo têm o direito à gratuidade no transporte público de Praia Grande, garantido pela lei municipal 4154/2006. Para obter o direito, é preciso que o interessado apresente laudo médico original do Centro de Especialidades Médicas, Ambulatoriais e Social (Cemas), no Centro Especializado em Reabilitação (CER), no Centro de Nefrologia (Nefro-PG), no Serviço de Assistência Especializada – SAE os seguintes documentos na Secretaria de Transportes (Setransp), no Centro de Referência de Atendimento à Tuberculose e Hanseníase (CRATH) ou no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

As cópias de um documento pessoal, como RG ou CPF, e de um comprovante de residência de Praia Grande recente também são necessários.

Segundo a prefeitura, a entrada no pedido do direto deve ser feita de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h, na sede da Setransp, localizada na Avenida do Trabalhador, 2, no bairro Sítio do Campo, no Terminal Rodoviário Tude Bastos. A confecção do cartão de identificação demora cerca de uma semana para ficar disponível e não é preciso levar foto 3×4, já que a foto é tirada na Secretaria.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policia-civil-prende-quadrilha-que-realizava-roubo-de-carga-seguido-de-sequestro-de-motoristas-e-tinha-chefes-dentro-de-presidios

G1 Santos

Polícia Civil prende quadrilha que realizava roubo de carga seguido de sequestro de motoristas e tinha chefes dentro de presídios

A Polícia Civil realiza a Operação 041, nesta quarta-feira (8), em três cidades do estado do Paraná com o objetivo de prender uma quadrilha que sequestra caminhoneiros e exige dinheiro em troca da carga e do motorista. Dez pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha foram identificadas. Quatro foram presas e outras quatro atuam no esquema dentro de presídios. As investigações começaram em Santos, no litoral de São Paulo, após um […]

today8 de junho de 2022 49

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%