G1 Mundo

Autoridades dos EUA acreditam que objetos voadores sobre Alasca e Canadá eram balões, diz senador

today12 de fevereiro de 2023 11

Fundo
share close

Segundo o senador, os objetos derrubados na sexta-feira e no sábado eram muito menores do que um primeiro balão que voou sobre o espaço aéreo dos EUA e foi abatido sobre a Carolina do Sul no último sábado.

O incidente com o primeiro balão, que o governo dos EUA chamou de balão de vigilância chinês, deu início a uma crise diplomática entre os dois países e levou o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, a cancelar uma viagem planejada para Pequim.



EUA recuperam partes do balão chinês considerado espião abatido no fim de semana

EUA recuperam partes do balão chinês considerado espião abatido no fim de semana

Um caça americano abateu um objeto não identificado no Canadá, no sábado (11), em uma operação conjunta dos dois países.

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, afirmou que ele mesmo ordenou a derrubada.

“As Forças Aéreas do Canadá e dos Estados Unidos agiram juntas, e um F-22 dos Estados Unidos disparou no objeto”, afirmou Trudeau no Twitter.

Trudeau conversou com o presidente americano, Joe Biden, sobre o episódio, e a ministra da Defesa, Anita Anand, conversou com seu homólogo dos EUA, Lloyd Austin.

Marinheiros do Grupo 2 de Eliminação de Munições Explosivas recuperam destroços do misterioso balão chinês que foi derrubado pelos Estados Unidos na costa de Myrtle Beach, Carolina do Sul — Foto: U.S. Fleet Forces/U.S. Navy via Reuters

“Reafirmamos que sempre defenderemos nossa soberania juntos”, disse Anand.

Autorização para derrubar o objeto

“O presidente Biden autorizou um caça americano designado para o Comando Americano de Defesa Aeroespacial (NORAD, na sigla em inglês) para trabalhar com o Canadá para abater um objeto de alta altitude sobre o norte do Canadá hoje”, disse o porta-voz do Pentágono, Pat Ryder, em um comunicado.

Um caça F-22 que monitorava o objeto disparou um míssil AIM 9X que o derrubou, segundo a nota.

A Casa Branca disse que Biden e Trudeau “encomendaram ao NORAD e ao Comando Norte dos Estados Unidos uma parceria forte e eficaz e concordaram em continuar sua estreita cooperação para detectar, rastrear e defender nosso espaço aéreo”.

O dispositivo foi derrubado no sábado sobre a região de Yukon, na fronteira com o Alasca, onde caças americanos puseram outro objeto abaixo, na sexta-feira (10), na costa norte do estado, perto da cidade de Deadhorse.

As operações de busca e recuperação continuaram no sábado, mas foram prejudicadas pelo “vento frio, neve e pouca luz do sol”, disse o Comando Norte dos EUA, em um comunicado.

“As atividades de recuperação são realizadas no gelo marinho”, relata o texto, acrescentando que o Pentágono “não deu mais detalhes do objeto, incluindo suas capacidades, propósito, ou origem”.

Pouco depois dessa operação, os Estados Unidos informaram que estavam fechando o espaço aéreo do estado de Montana, devido à detecção de um objeto que “poderia interferir no tráfego aéreo comercial”. Minutos depois, informaram que o alerta decorreu de uma falha de radar.

Balão chinês tem comprimento de três ônibus — Foto: g1

A operação, envolvendo aviões do Canadá e dos Estados Unidos, foi realizada depois de os EUA terem afirmado, na quarta-feira (8), que a China tem “uma frota” de balões espiões nos cinco continentes.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

numero-de-mortos-em-decorrencia-do-terremoto-que-atingiu-a-turquia-e-a-siria-passa-de-33-mil

G1 Mundo

Número de mortos em decorrência do terremoto que atingiu a Turquia e a Síria passa de 33 mil

O número de mortes decorrentes do terremoto que atingiu a Turquia e a Síria na semana passada chegou a mais de 33 mil neste domingo, e deve subir ainda mais, pois as equipes de resgate já identificaram mais corpos nos detritos. O último balanço da Turquia é de 29.605 mortos, e o da Síria, de mais de 3.500. Além desses 33 mil mortos, as autoridades dos países afirmam que quase […]

today12 de fevereiro de 2023 19

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%