Gospel Prime

Autoridades locais no Laos interrompem o culto e expulsam cristãos

today5 de outubro de 2023 2

Fundo
share close

No último domingo (1), autoridades da província de Savannakhet, no Laos, interromperam um culto realizado por uma igreja doméstica e ameaçaram prender os cristãos presentes, conforme relato da organização Human Rights Watcher for Lao Religious Freedom (HRWLRF).

O líder da igreja, Sard Onmeunsee, e outros 17 cristãos foram abordados pelas autoridades locais, incluindo o vice-chefe da aldeia e agentes de segurança, que ordenaram que parassem o culto. As ameaças de prisão e multas significativas foram feitas caso não cumprissem a ordem de interromper o exercício de sua liberdade religiosa e crença.

As autoridades também ameaçaram impor multas pesadas aos membros da igreja se outras pessoas na aldeia adoecessem ou morressem, alegando que os membros da igreja haviam irritado espíritos ao abandoná-los em favor do cristianismo. Além disso, dois cristãos de uma aldeia vizinha que participaram do culto foram ameaçados de prisão se retornassem à igreja.

Este incidente ocorreu um mês após uma família cristã na província de Salavan ter perdido sua casa e sido expulsa pelas autoridades devido à sua fé.

A HRWLRF relatou que, após a conversão de uma família da aldeia ao cristianismo em 2019, aproximadamente 180 aldeões se converteram nos dois anos seguintes. No entanto, esses cristãos enfrentaram pressões e ameaças do governo local, forçando muitos deles a abandonar sua fé. Apenas três famílias, totalizando 15 crentes, permaneceram firmes em sua fé.



Os cristãos no Laos enfrentam intensa perseguição, e as autoridades comunistas consideram a maioria das atividades religiosas, incluindo cultos domésticos, como “reuniões ilegais”. A liberdade religiosa é restrita, e os crentes muitas vezes vivem sob investigação e ameaças.

A situação é especialmente difícil para igrejas não registradas, que não conseguem obter permissão para se reunir e são forçadas a operar secretamente. Líderes de igrejas não registradas já foram presos e detidos por até um ano, enquanto suas famílias e igrejas precisam pagar multas para garantir sua libertação.

O Laos é classificado em 31º lugar na Lista Mundial da Perseguição de 2023 da Portas Abertas, que destaca os países onde é mais difícil ser cristão. Embora o governo reconheça o direito à liberdade de religião ou crença, ele continua restringindo e punindo famílias que insistem em exercer sua liberdade religiosa, principalmente quando abraçam o cristianismo.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-curioso-plano-do-governo-britanico-para-que-ninguem-mais-consiga-comprar-cigarros

G1 Mundo

O curioso plano do governo britânico para que ninguém mais consiga comprar cigarros

A proposta deve ser votada no Parlamento britânico e, segundo Sunak, todos os parlamentares terão liberdade para votar como quiserem. De acordo com o plano, a idade para a compra aumentaria um ano todos os anos, a partir da idade mínima de 18 - com isso, por exemplo, um adolescente que hoje tem 14 anos nunca seria autorizado a comprar cigarros na vida. A ideia foi apresentada após um estudo […]

today5 de outubro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%