G1 Santos

Baixada em Pauta #168: Carnaval com samba-enredo chiclete é coisa do passado após mudanças; entenda

today3 de fevereiro de 2024 1

Fundo
share close

Em ritmo de Carnaval o Baixada em Pauta recebeu o cantor, músico e comentarista Mano Jotta, e o cantor Chitão Martins, que é o interprete dos sambas-enredos da União Imperial, em Santos, no litoral de São Paulo, e da Independente, na capital.

Durante o podcast, ambos comentaram sobre as mudanças na construção dos sambas-enredos e concordaram ser difícil emplacar novas músicas que ficarão eternizadas na história do Carnaval, como é o caso de Explode Coração, apresentada ao mundo no desfile da Salgueiro, em 1993 — eles deram uma palinha. [confira o trecho no minuto 42’12]

“O samba de hoje em dia para o samba de antigamente, hoje o samba é muito maior. O pessoal fala: Pô, mas porque o samba de hoje em dia não fica eternizado como na década de 80, 90? Porque antigamente eram sambas mais curtos”, disse Chitão Martins. [confira o trecho no minuto 16’35]



O interprete ressaltou o tempo dos desfiles, citou que estão mais longos, com 1h no Rio de Janeiro e 1h20 em São Paulo. “Você tem 14 alas desfilando, cinco alegorias, então você tem que contar isso tudo. Não dá pra você contar mais que antigamente, que se fazia um refrão, duas estrofes, um refrão, duas estrofes”.

Por conta disso, Chitão destacou que o compositor precisa “esticar” dar mais letra ao samba-enredo, mais história. “A melodia tem que ser um pouco mais espaçada pra dar tempo de você contar essa história. Então, acaba o samba não ficando eternizado por conta disso, o samba evoluiu, as melodias evoluíram”.

Mano Jotta endossou e acrescentou que o ritmo também está cada vez mais acelerado, o que mexe com o samba-enredo e a forma de desfilar e cantar. “Quem manda no samba, principalmente, além do povo e tal, é o carnavalesco e o diretor de carnaval, porque eles sabem o samba que eles querem. Por exemplo: eu vou querer um tema alegre e, geralmente, um samba alegre, é um pouco mais rápido. […] a minha crítica: samba tem fundamento né a gente vai parar onde no 200 bpm ? Não pode né?” [confira o trecho no minuto 19’13]

Mano Jotta e Chitão Martins foram os convidados do Baixada em Pauta — Foto: Arquivo pessoal

Você confere essa história e muitas outras no bate-papo no podcast ou videocast do Baixada em Pauta. O acesso pode ser feito nesta matéria, na home do g1 Santos, nos aplicativos de áudios favoritos ou pelo Facebook. Basta curtir as páginas e nos seguir!

Um podcast é como se fosse um programa de rádio, mas não é: em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser. E em vez de sintonizar numa estação de rádio, a gente acha na internet. De graça.

Dá para escutar num site, numa plataforma de música ou num aplicativo só de podcast no celular, para ir ouvindo quando a gente preferir: no trânsito, lavando louça, na praia, na academia…

Os podcasts podem ser temáticos, contar uma história única, trazer debates ou simplesmente conversas sobre os mais diversos assuntos. É possível ouvir episódios avulsos ou assinar um podcast – de graça – e, assim, ser avisado sempre que um novo episódio for publicado.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

prefeitura-de-guaruja-abre-mais-de-mil-vagas-para-geracao-de-renda-e-cultura

Prefeitura de Guarujá

Prefeitura de Guarujá abre mais de mil vagas para geração de renda e cultura

A partir de segunda-feira (5), os sete Caecs recebem inscrições; aulas começam em 19 de fevereiro A Prefeitura de Guarujá abre, nesta segunda-feira (5), 1.107 vagas nos sete Centros de Atividades Educacionais e Comunitárias (Caecs). São oportunidades profissionalizantes e culturais totalmente gratuitas, para crianças a partir de 7 anos até a melhor idade. O horário para matriculas é sempre das 8 às 12 horas e o prazo termina conforme a disponibilidade […]

today3 de fevereiro de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%