G1 Santos

Bebê é salva por socorristas após se engasgar com leite materno em SP: ‘orgulho que não cabe no coração’

today24 de setembro de 2023 9

Fundo
share close

Com apenas 10 meses, uma bebê já enfrentou uma pequena batalha pela vida. Isso porque a criança, que teve a identidade preservada, se engasgou com leite materno e precisou ser salva por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Cubatão, na Baixada Santista. Um dos socorristas contou ao g1, neste domingo (24), que não conseguiu conter as lágrimas após o resgate.

“O sentimento de salvar vidas é único, um orgulho que não cabe no coração”, disse Carlos Weverton de Andrade Santos.

Ele atua há dez anos como socorrista, mas contou que o resgate da bebê foi o caso mais emocionante que presenciou. “Nada se compara em salvar uma vida tão pequena e vulnerável”, disse ele, explicando que tem uma filha de três anos. “Pensei nela em todo momento, antes e depois do atendimento”.



O caso aconteceu na noite de quinta-feira (21), no bairro Jardim Caraguatá. A equipe do Samu foi acionada pelo telefone e chegou ao local em sete minutos. No endereço, os socorristas encontraram a bebê no colo da mãe, que estava chorando. “A criança estava parcialmente cianótica [coloração azulada], pois estava com as vias aéreas parcialmente obstruídas pelo leite da mãe”, descreveu Carlos.

Desta forma, o socorrista e a parceira Jhuly Mary Hellen Barbosa Silva realizaram a manobra de desengasgo em bebês. “Consiste em colocar a criança no braço, com as pernas abertas entre o antebraço, inclinar a cabeça dela um pouco abaixo do restante do corpo e aplicar leves tapas de forma repetida até que a criança desengasgue por completo”, explicou Carlos.

Após o procedimento, a criança expeliu o líquido e começou a chorar. “Todos fomos tomados por muita emoção, eu mesmo não contive as lágrimas”, relembrou o homem, dizendo que entregou a bebê para a mãe se acalmar.

“Foi muito gratificante ajudar em um momento muito delicado. Foi um alívio ver a mãezinha mais calma”, disse Jhuly, que atua no Samu há quatro meses.

Em seguida, a equipe do Samu encaminhou a criança ao Pronto-Socorro Infantil de Cubatão para que a nenê passasse por exames médicos e ficasse em observação. De acordo com Carlos, após o caso, ele entrou em contato com a família para certificar-se de que tudo acabou bem. “A atitude rápida da mãe foi crucial para o salvamento”, enfatizou.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quem-seriam-cosme-e-damiao,-os-medicos-gemeos-da-antiguidade-que-se-tornaram-santos

G1 Mundo

Quem seriam Cosme e Damião, os médicos gêmeos da Antiguidade que se tornaram santos

Contudo, esta tradição é, sim, documentada. E começou há muito tempo, no coração de Roma. “A única coisa que sabemos historicamente sobre os dois é que o culto a eles, santos e mártires, começou entre o século 4º e o 5º. Há muita evidência sobre o culto”, explica à BBC News Brasil o vaticanista Filipe Domingues, vice-diretor do Lay Centre, em Roma, e professor na Pontifícia Universidade Gregoriana, também em […]

today24 de setembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%